Caquis, castanhas e abóbora: damos as boas-vindas ao outono

Caquis, castanhas e abóbora: damos as boas-vindas ao outono

Caqui: o fruto do outono com sete virtudes

Uma fruta típica de outono, caqui ou caqui, é uma nota de cor na paisagem de novembro, quando a árvore, tendo perdido todas as suas folhas, permanece adornada com frutos laranja brilhantes, teimosamente agarrados à planta.

Frutas doces e saborosas que possuem propriedades nutricionais insuspeitadas.

A fruta deve ser comida ou usada em várias receitas apenas quando estiver perfeitamente madura: se verde dá o sabor clássico que "allappa", devido à grande quantidade de tanino.

√Č poss√≠vel comprar caquis que ainda n√£o est√£o perfeitamente maduros, no entanto, porque o amadurecimento √© alcan√ßado rapidamente: um pequeno truque para acelerar este processo √© colocar a fruta ao lado das ma√ß√£s.

Dada a doçura da fruta madura, na cozinha caqui deve ser uma ótima sobremesa, já em pureza.

Entre os numerosas propriedades que mencionamos que os caquis s√£o:
 



> diuréticos e remineralizantes: o caqui contém grande quantidade de água (cerca de 80%) e muitos sais minerais, principalmente potássio. Eles contêm fibras e são, portanto, um excelente laxante natural. A melhor hora para consumi-los é de manhã, ao pequeno-almoço.
hepatoprotetor, ou seja, protegem o f√≠gado, mas tamb√©m s√£o excelentes para manter o est√īmago e os intestinos saud√°veis, especialmente a flora bacteriana.

Dado o alto teor de a√ß√ļcar, os caquis s√£o n√£o recomendado para quem sofre de diabetes e obesidade.
 


Castanhas: a fruta calórica que tem gosto de outono

As castanhas são uma fruta bastante calórica, na verdade fornecem 193 kcal por 100 g se considerarmos as torradas.

Se você levar em conta os cozidos, as calorias caem para 130.
 
Eles TEM um valor nutricional compar√°vel ao p√£o integral, mas s√£o mais ricos em f√≥sforo (importante suporte para o sistema nervoso) e pot√°ssio (essencial para manter o t√īnus ‚Äč‚Äčmuscular) tamb√©m representam os alimentos que mais cont√©m vitaminas B2 e PP (essencial para a sa√ļde dos tecidos), bem como uma boa percentagem de fibras e, sobretudo, muitos hidratos de carbono complexos (na forma de amido) que o tornam completamente compar√°vel ao p√£o do ponto de vista energ√©tico.

Castanhas eles n√£o cont√™m gl√ļten e t√™m um valor nutricional semelhante ao dos cereais; eles podem, portanto, cobrir completamente a parte de carboidratos da refei√ß√£o e s√£o muito adequados no caso de doen√ßa cel√≠aca.

S√£o muito diger√≠veis (desde que bem cozinhados) e a sua riqueza em fibras torna-os frutos particularmente saciantes e √ļteis para conservar ou restaurar a regularidade intestinal.
 


Abóbora: o doce vegetal de outono

Vamos começar dizendo que apesar do sabor cheio e muito doce, a abóbora é um alimento que também pode ser ingerido em dietas de baixa caloria e em pacientes diabéticos. Na verdade, apesar de ter um alto índice glicêmico, tem um teor muito baixo de carboidratos, embora seja rico em fibras e água.

A ab√≥bora √© uma fonte de minerais e vitaminas.

Contém beta-caroteno, precursor da vitamina A, vitamina E, vitamina B (B1, B2, B3, B5 e B6) e C.

São justamente os carotenóides, representados por dois tipos de pigmentos, xantofilas e carotenos., para dar-lhe uma cor laranja-galo.

A abóbora também contém sais minerais como todos os vegetais: de fósforo a potássio a cálcio a selênio, sódio, ferro a magnésio.

A presen√ßa deste √ļltimo mineral, o magn√©sio, torna a ab√≥bora tamb√©m interessante para o relaxamento muscular. Existe tamb√©m um amino√°cido como o triptofano, importante para a s√≠ntese da serotonina, um horm√īnio conhecido como bom humor.

Interessante √© a quantidade de fibras presentes que o tornam eficaz na regula√ß√£o do intestino e na melhoria da flora bacteriana intestinal, e n√£o menos na modula√ß√£o da absor√ß√£o de a√ß√ļcares e gorduras e na sensa√ß√£o de saciedade (o que o torna muito interessante nas dietas).
 



Adicione um comentário do Caquis, castanhas e abóbora: damos as boas-vindas ao outono
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load