close
    search Buscar

    Porque o trabalho é uma merda

    Quem sou
    Louise Hay
    @louisehay
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Coment√°rios sobre o item:

    aviso de conte√ļdo


    Vamos falar sobre o livro "Por que o trabalho √© uma merda e como melhor√°-lo‚ÄĚPor Cali Ressler e Jody Thompson.

    A resposta n√£o √© uma organiza√ß√£o melhor ou regras como 'nenhuma reuni√£o na quarta-feira', acordar quinze minutos antes para evitar a hora do rush ou passar o s√°bado comendo para p√īr em dia as refei√ß√Ķes perdidas no trabalho. N√£o existem dicas, truques ou dicas √ļteis que possam resolver o problema. N√£o encontraremos respostas no c√≥digo corporativo, a √ļnica solu√ß√£o √© mudar as regras do jogo de cima para baixo.



    Você gosta de como começar?

    Somos todos prisioneiros de clich√™s, de v√°rios conformismos, de uma vis√£o de trabalho ligada a tempos e m√©todos agora em vigor amplamente desatualizado. Esses clich√™s est√£o entre os maiores respons√°veis ‚Äč‚Äčpelos sentimentos negativos que quase todos sentem (se n√£o sempre, pelo menos momentaneamente) em rela√ß√£o ao seu trabalho: cansativo, estressante, enfadonho, repetitivo, excessivo, limitador e assim por diante.

    O facto de grande parte da popula√ß√£o activa em Espanha estar ocupada em trabalhos de escrit√≥rio ou, em todo o caso, em actividades distantes da f√°brica, da linha de montagem, - mas tamb√©m do campo, da pesca ou da pecu√°ria - o que nos obriga a e pontuou por ritmos sobre os quais √© imposs√≠vel intervir (os cirurgi√Ķes card√≠acos continuam a ser uma minoria ...), agrava esta sensa√ß√£o frustrante de fazer parte de uma engrenagem que poderia ser facilmente trocada sem prejudicar o resultado final.

    Nos Estados Unidos, surgiu um debate muito sincero e acalorado sobre essas quest√Ķes, que na Espanha surgiu de maneira t√≠mida e por pouco tempo. Revolucionar tempos e locais de trabalho ainda parece uma tarefa dif√≠cil e, para algumas empresas, uma ideia imposs√≠vel. Gestores, executivos, chefes de departamento e empres√°rios s√£o, portanto, as principais refer√™ncias deste livro, uma leitura interessante e curiosa mesmo para quem ocupa uma posi√ß√£o inferior na hierarquia corporativa, mas "quer sonhar".



    Se voc√™ conhece algu√©m com poder de decis√£o em qualquer empresa, d√™ a ele este livro e espere pelos resultados. Eles certamente vir√£o, pelo menos na forma de coment√°rios e debates. Porque os dois autores n√£o poupam cr√≠ticas mesmo a situa√ß√Ķes aparentemente mais afortunadas, como os contratos de trabalho flex√≠veis, de que emergem todas as contradi√ß√Ķes e limita√ß√Ķes.

    A pedra angular √© a confian√ßa. O trabalhador quer que a empresa confie nele para realizar suas atividades. Ele quer ser tratado como um adulto no trabalho: um adulto que cumprir√° sua miss√£o. Todos sabem que a confian√ßa √© sentida e os contratos de trabalho flex√≠veis n√£o t√™m nada a ver com confian√ßa

    A receita é baseada na liberdade. O estudo de caso é a empresa em que os dois autores trabalharam, Best Buy, onde criaram o Ambiente de Trabalho Somente para Resultados (ROWE). Nesse contexto, o funcionário é livre para fazer o que quiser e quando quiser, desde que o o trabalho continua

    A ideia, portanto, n√£o surge do nada, mas de uma experi√™ncia concreta. ‚ÄúO terreno para o ROWE foi preparado em 2001, quando na sede da Best Buy (gigante americana especializada na venda de eletr√īnicos, tecnologia da informa√ß√£o e itens de tecnologia) um executivo pedia ajuda porque queria transformar a empresa em uma destino popular para parte de pessoal qualificado em busca de trabalho.


    Foi criada uma comissão e realizada uma pesquisa com os funcionários para descobrir o que eles mais desejavam de seu trabalho. A resposta da esmagadora maioria foi: confiança na hora certa. A empresa tem que confiar, vou atingir os objetivos esperados e serei um funcionário mais satisfeito '.


    Claro, essa revolu√ß√£o de √©poca que deveria se basear na confian√ßa da empresa no funcion√°rio (n√£o mais vista como uma crian√ßa que faz travessura assim que o chefe lhe d√° as costas, mas como uma pessoa respons√°vel que entende a import√Ęncia de fazer o seu trabalho bem. manter o emprego e eventualmente fazer carreira), √© muito dif√≠cil de fazer, mas este livro testemunha que j√° foi feito, com sucesso.


    Adicione um comentário a partir de Porque o trabalho é uma merda
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.