O trabalho muda a personalidade

O trabalho muda a personalidade

Existem trabalhos desafiadores e outros que afetam seriamente a sa√ļde mental. O que nos acontece no trabalho pode at√© mudar a forma como somos.

O trabalho muda a personalidade

Última atualização: 22 de fevereiro de 2022

O trabalho muda a personalidade, é o que mostra um estudo recente que teve um impacto notável. Agora temos a confirmação científica de que as experiências no local de trabalho afetam o caráter, a atitude e até o modo de ser de várias maneiras.



Aprendemos ao longo dos anos, com os fracassos e também com cada ambiente estimulante. De alguma forma, nesses micromundos corporativos e profissionais em que navegamos diariamente, habilidades valiosas também são adquiridas para nosso crescimento pessoal.

No entanto, há também um fato inegável. Fatores como estresse, casos de bullying ou manutenção de empregos precários por anos mudam nosso jeito de ser. O otimismo desaparece e o personagem brilhante e alegre torna-se às vezes mais taciturno.

O extrovertido torna-se menos aberto aos outros e o introvertido intensifica ainda mais sua introspecção e recolhimento interior.

O que fazemos todos os dias no trabalho acaba nos moldando para melhor ou para pior. Afinal, passamos boa parte do nosso tempo nesses cen√°rios.

O trabalho muda a personalidade, mas como?

A personalidade não é estável ao longo do tempo? Como um conjunto de eventos no local de trabalho pode mudar nosso jeito de ser?

A verdade é que nossa personalidade pode mudar e ser moldada com base em experiências pessoais. Estima-se que a adolescência seja a fase da vida em que se forja um padrão estável de comportamento, emoção e estilo de pensamento.


No entanto, no decorrer de nossa vida, vários traços no modo de ser e agir podem mudar. Segue-se que o as experiências de trabalho têm, em média, um impacto significativo.


A influência do trabalho na juventude

O primeiro contato com o mercado de trabalho às vezes pode nos ajudar a amadurecer. Isso é indicado por um trabalho de pesquisa realizado pelos médicos Eva Asselmann e Jule Specht, da Universidade Humboldt de Berlim, publicado no Journal of Personality.

O início da vida profissional favorece a formação e afirmação da personalidade. Em geral, e pelo que se observou numa grande amostra de pessoas, os jovens se tornam mais responsáveis, gentis e extrovertidos durante seus primeiros empregos.

Obviamente, isso pode mudar com o tempo, mas esse primeiro contato com o mercado de trabalho enriquece os jovens de XNUMX ou XNUMX anos.

Algumas experi√™ncias de trabalho podem ter repercuss√Ķes permanentes

Poucas coisas s√£o mais confort√°veis ‚Äč‚Äče gratificantes do que ter um bom emprego. euautoestima, autoimagem e identidade s√£o fortalecidas.

No entanto, quando o trabalho altera a personalidade, enfraquecendo-a e criando um eu mais vulner√°vel, as causas que orquestram esse problema s√£o m√ļltiplas.

Ficou demonstrado que manter um trabalho estressante por 5 anos muda a forma como somos. Especificamente, começa-se a sofrer de instabilidade emocional, ansiedade, pensamentos negativos, tristeza, etc.

Fatores como a precariedade aumentam a incerteza e isso nos impede de fazer planos de longo prazo. Quando uma pessoa não tem projeção de futuro, por causa da instabilidade no emprego torna-se mais suspeito, menos otimista e sem esperança.


Ambientes de trabalho desfavor√°veis ‚Äč‚Äče precariedade t√™m um grande impacto na personalidade das pessoas: elas se tornam ainda menos amig√°veis.


As empresas devem levar em conta que o trabalho muda a personalidade

A Ag√™ncia Europeia para a Seguran√ßa e Sa√ļde no Trabalho determinou recentemente que a as empresas t√™m a obriga√ß√£o de salvaguardar o bem-estar psicol√≥gico dos seus colaboradores.


Se o trabalho muda a personalidade, deve ser para melhor, para equipar com valiosas for√ßas, confian√ßa e habilidades. N√£o para saciar o entusiasmo ou destruir a sa√ļde mental.

Um dos objetivos da empresa deve ser o de desenvolver um eu mais positivo entre os trabalhadores. Isso é possível criando empregos decentes com salários decentes.

Tal cen√°rio induz o trabalhador a dar o melhor de si, a se sentir valorizado, percebem-se como √ļteis, integrados e respeitados.

Empregos desafiadores maximizam nosso potencial

Um bom trabalho tem efeitos positivos n√£o apenas na personalidade, mas tamb√©m no bem-estar. Trabalhos extenuantes s√£o a causa de v√°rios problemas de sa√ļde mental entre a popula√ß√£o.


Viver em situa√ß√Ķes de ass√©dio moral ou ass√©dio no local de trabalho, ou experimentar a press√£o de um trabalho estressante por anos, n√£o tem apenas um custo mental. Tamb√©m muda muitos aspectos do nosso car√°ter.

Precisamos de empregos mais dignos e inspiradores, aqueles que dão valores, habilidades, confiança e perspectivas de vida otimistas.

Não são apenas os gestores que precisam se preocupar com isso. O ambiente de trabalho também é criado pelos colegas e por qualquer pessoa que pertença aos contextos em que passamos a maior parte da nossa vida.

Adicione um coment√°rio do O trabalho muda a personalidade
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load