close
    search Buscar

    5 erros que podem arruinar um relacionamento

    Quem sou
    Louise Hay
    @louisehay
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Comentários sobre o item:

    aviso de conteúdo

    Os relacionamentos entre as pessoas não são uma ciência exata. Muitas vezes agimos instintivamente, cometemos erros e tentamos novamente na esperança de que este seja o momento certo. Mas quando as coisas dão errado, temos a tendência de culpar o outro e lutar para reconhecer nossa parcela de responsabilidade. Portanto, desta vez, gostaria de abordar alguns hábitos da nossa forma de comunicação que são bastante comuns e que podem arruinar um relacionamento.

    Hábitos que não têm lugar em um relacionamento saudável e maduro

    1. Minimizar o que a outra pessoa sente. Uma das primeiras coisas que aprendemos na faculdade de psicologia é não minimizar os problemas vividos pela pessoa que pede nossa ajuda. Dizer a ele que não é nada importante é estúpido e significa começar com o pé errado. Porque o que pensamos ser insignificante pode ser muito importante para outra pessoa! Este mesmo princípio se aplica aos relacionamentos: a outra pessoa tem sentimentos e não temos o direito de julgá-los, menosprezá-los ou até mesmo zombar deles. Por mais irracionais ou absurdos que possam parecer esses sentimentos, devemos sempre tentar nos colocar no lugar da outra pessoa para entender como ela se sente e por quê. É normal não compartilhar alguns sentimentos com o parceiro, porque, afinal, somos duas pessoas diferentes, mas devemos aprender a respeitar o que é importante um para o outro.
    1. Negue um erro. Reconhecer um erro cometido e pedir desculpas por ele nos empolga como pessoas. Todos cometemos erros e temos o direito de retificar; do contrário, estamos enviando a mensagem de que a outra pessoa não se importa o suficiente. Em um relacionamento, recusar-se a reconhecer um erro só pode piorar as coisas. Freqüentemente, os dois amantes se transformam em oponentes com a espada na mão, prontos para duelar para defender sua honra. Quando isso ocorre com frequência, acaba prejudicando o relacionamento e causando brigas constantes. Lembre-se sempre de que um "sinto muito" dito de coração pode ajudar a prevenir esses problemas.
    1. Responda com sarcasmo. Algumas pessoas usam o sarcasmo como mecanismo de defesa, não para mostrar o quão vulneráveis ​​são. Na verdade, essa é uma estratégia errada, porque o sarcasmo sempre transmite desprezo e subestimação pelo outro. Portanto, é um dos erros que devemos evitar a todo custo em um relacionamento. Se você não está disposto a se abrir emocionalmente e mostrar suas fraquezas com seu parceiro, é porque algo não está funcionando no relacionamento, o sarcasmo é o sinal de alerta.
    1. Adie a discussão. Quando a outra pessoa está muito nervosa, tensa ou irritada, é melhor adiar a discussão. Mas essa atitude não deve ser a norma, em particular, você não deve implementar essa estratégia correndo, virando as costas e batendo a porta. Os problemas de relacionamento devem ser discutidos, caso contrário, eles se acumulam e acabam prejudicando o relacionamento. Se você perceber que seu parceiro não está com vontade de discutir, peça educadamente que adie a conversa para outro dia, mas não o interrompa deixando-o meio falado, pois isso seria apenas dizer a ele que você não preocupa-se com o que tem a dizer.
    1. Faça gestos que transmitam tédio. Nossa comunicação extra-verbal diz muito mais do que as próprias palavras. Muitas vezes não percebemos, mas enviamos muitos sinais por meio de gestos ou expressões faciais voluntárias e involuntárias, que transmitem ao nosso parceiro nosso estado de espírito e o que estamos sentindo e pensando no momento em que os manifestamos. Não é necessário se transformar em um psicólogo especialista em microexpressões, mas seria útil se você pudesse controlar aqueles gestos que seu parceiro repetidamente relatou a você como irritantes.
    Adicione um comentário do 5 erros que podem arruinar um relacionamento
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.