Por que os casais brigam? Os 7 motivos mais comuns de conflito

Quem sou
Louise Hay
@louisehay
FONTES CONSULTADAS:

wikipedia.org

Cada casal √© um mundo em si mesmo e enfrenta conflitos de vez em quando. Isto n√£o √© necessariamente uma coisa ruim. Quando os universos de dois adultos se encontram, √© normal que surjam discrep√Ęncias e atritos. As diferen√ßas de opini√£o n√£o s√£o apenas inevit√°veis, mas tamb√©m saud√°veis ‚Äč‚Äčporque significam que n√£o ocorreu uma simbiose na qual a identidade de um dos dois, ou de ambos, foi cancelada.

Os casais mais s√≥lidos e duradouros, ali√°s, n√£o s√£o os que n√£o t√™m conflitos, mas os que sabem resolv√™-los e saem fortalecidos. No entanto, quando conflitos latentes s√£o mantidos ao longo do tempo e as discuss√Ķes se tornam o p√£o de cada dia, o relacionamento eventualmente se desgasta e, portanto, √© prov√°vel que acabe.



Por que os casais brigam normalmente?

Uma pesquisa conduzida na Universidade de Michigan analisou as principais raz√Ķes pelas quais os casais brigam.

1. Condescend√™ncia. A condescend√™ncia √© um tra√ßo particularmente dif√≠cil de digerir. Quando uma pessoa nos despreza e age como se fosse melhor do que n√≥s, podemos nos sentir feridos ou atacados. A condescend√™ncia √© ainda pior porque mistura arrog√Ęncia com pena, supondo que n√£o tenhamos a capacidade de compreender, crescer ou mudar. Quando a conformidade √© estabelecida na rela√ß√£o, √© ofensiva e elimina a possibilidade de entendimento.

2. Possessividade. Em uma sociedade em que os relacionamentos costumam ser exclusivos, √© f√°cil cruzar a linha vermelha e cair na possessividade e no ci√ļme. Se uma pessoa acredita que seu parceiro √© "sua propriedade" e reivindica o direito de estabelecer limites e impor coisas, √© prov√°vel que gere uma resposta emocional intensa da outra parte, uma resposta que visa defender a liberdade pessoal. Por essa raz√£o, a possessividade e o ci√ļme s√£o motivos de repetidas discuss√Ķes entre casais.



3. Negligência. A falta de atenção e aplicação é outro dos motivos mais comuns de discussão no casal. Quando há abandono emocional, um dos membros do casal sente-se abandonado, por isso está acompanhado, mas se sente sozinho. A outra pessoa ignora suas necessidades, consciente ou inconscientemente, o que a leva a reclamar que o relacionamento realmente não atende às suas necessidades emocionais.

4. Abuso. Nos relacionamentos, o abuso pode assumir milhares de tons. Nem sempre se trata de abuso físico, a violência verbal e psicológica costuma ser mais comum e também pode ser extremamente prejudicial. Humilhação, desprezo, gritos ou mesmo o uso da indiferença como castigo são sinais de abuso que causam problemas no casal.

5. Negligenciar. A vida cotidiana pode prejudicar os casais. A divis√£o das obriga√ß√Ķes e responsabilidades di√°rias, os afazeres dom√©sticos e o cuidado dos filhos s√£o um dos principais motivos das brigas dos casais, principalmente quando uma das pessoas sente que a outra n√£o a est√° ajudando o suficiente ou agindo de forma imprudente. Em muitos casos, de fato, o problema n√£o √© nem mesmo a distribui√ß√£o desigual de tarefas e obriga√ß√Ķes, mas a falta de reconhecimento de quem carrega o maior peso sobre seus ombros.

6. Instabilidade emocional. Ter uma pessoa emocionalmente inst√°vel ao seu lado, que muda constantemente de humor e faz voc√™ se sentir como se estivesse pisando em vidro todos os dias, n√£o √© apenas enervante, mas tamb√©m exaustivo. De uma rela√ß√£o de casal precisamos de seguran√ßa, quando recebemos exatamente o contr√°rio, nossas necessidades s√£o insatisfeitas e acabamos ‚Äúexplodindo‚ÄĚ ao menor contratempo.


7. Autocentrismo. Pessoas excessivamente egoc√™ntricas tendem a ter problemas nos relacionamentos porque n√£o tendem a mostrar empatia. Quando sentimos que a pessoa que deveria nos apoiar e validar emocionalmente simplesmente ignora nossos sentimentos e preocupa√ß√Ķes, continuamente nos relegando ao esquecimento, ou sempre tem algo mais importante para fazer, √© compreens√≠vel que surjam conflitos que terminam em discuss√Ķes acaloradas.



Se voc√™ analisar os motivos pelos quais est√° discutindo com seu parceiro, √© prov√°vel que descubra que geralmente s√£o temas recorrentes. Conhecer seus gatilhos emocionais lhe permitir√° trabalhar esses conte√ļdos psicol√≥gicos que est√£o gerando atrito, a fim de superar esses conflitos e fortalecer seu relacionamento. √Č importante abordar essas quest√Ķes para que elas n√£o acabem se tornando um elefante na sala que continua a crescer at√© que o relacionamento seja definitivamente rompido.


Adicione um coment√°rio do Por que os casais brigam? Os 7 motivos mais comuns de conflito
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.