Perdendo o amor: como reconhecer os sintomas?

Quem sou
Robert Maurer
@robertmaurer
FONTES CONSULTADAS:

wikipedia.org

A perda do amor geralmente não ocorre sem aviso, vem com sinais de aviso. Acontece que às vezes não prestamos atenção suficiente aos sinais de que o relacionamento está perdendo força, seja porque vivemos vidas muito ocupadas, porque assumimos que o amor durará uma vida ou simplesmente porque nos aterroriza reconhecer que o relacionamento não tem futuro.

Embora gostemos de acreditar que o amor √© para toda a vida, um mito muito popular que alimentou tanto a s√©tima arte quanto a literatura rom√Ęntica, a verdade √© que a paix√£o, a paix√£o e o desejo de estar juntos podem ter uma data de validade, especialmente nestes tempos, quando relacionamentos l√≠quidos est√£o na ordem do dia.



Alguns psicólogos afirmam que a perda do amor no casal começa em um período que varia de seis meses a dois anos após o início do relacionamento. Claro, isso não significa que as pessoas não se amem, mas que passam para outra fase na vida de um casal.

A boa notícia é que nem todos compartilham dessa ideia: alguns psicólogos acreditam que o amor também pode melhorar com o passar dos anos, como um bom vinho. Mas para que isso aconteça, o casal deve fazer um esforço para alimentar a chama.

Os principais sintomas do fim do amor

Quando os conflitos se tornam p√£o de cada dia, seu parceiro irrita voc√™ mais do que de costume, o desejo sexual desapareceu e as car√≠cias e detalhes s√£o evidentes por sua aus√™ncia, √© prov√°vel que o fim do amor j√° tenha se instalado na rela√ß√£o. Se voc√™ deseja salvar o relacionamento, √© essencial agir antes de chegar a esse ponto. √Č por isso que √© t√£o importante aprender a reconhecer os primeiros sinais de uma perda de amor.


  1. Perda de alegria que significa estar junto

Quando estamos apaixonados, queremos passar um tempo como casal, porque o relacionamento nos faz sentir confort√°veis ‚Äč‚Äče felizes. Quando os encontros se tornam mais espor√°dicos ou os sentimentos positivos que eles geravam desaparecem, a pessoa provavelmente n√£o desperta mais os mesmos sentimentos positivos. Nos casos mais extremos, podemos at√© perder o desejo de estar perto dele, para que possamos inventar desculpas para evitar os encontros mais √≠ntimos.


  1. Ausência de atos de carinho, elogios e detalhes

O amor n√£o √© apenas sentido, tamb√©m √© demonstrado. Portanto, um dos principais sintomas da falta de amor √© a diminui√ß√£o das express√Ķes de afeto. Quando o parceiro deixa de ter import√Ęncia para n√≥s, as car√≠cias cotidianas espont√Ęneas e os pequenos detalhes que tornam a vida melhor e mais agrad√°vel desaparecem. O riso e a cumplicidade se perdem. As manifesta√ß√Ķes de amor s√£o substitu√≠das por express√Ķes de t√©dio, apatia ou indiferen√ßa.

  1. Redução de projetos conjuntos

Quando um casal se ama, é normal que tenham projetos comuns, pois ambos compartilham cada vez mais atividades, interesses e objetivos na vida. Portanto, um sinal de perda do amor é que as agendas estão divididas, para que a outra pessoa tenha cada vez menos espaço em nossa vida. Nesses casos, o espaço individual acaba se impondo aos espaços compartilhados e os projetos comuns esmaecem até desaparecer.

  1. Empobrecimento da comunicação

Nem todos temos as mesmas habilidades de comunica√ß√£o, mas quando h√° amor, sempre tentamos chegar ao entendimento. Desistimos para chegar a um ponto intermedi√°rio que permite que a rela√ß√£o funcione. Quando o amor acaba, surgem problemas de comunica√ß√£o, tanto porque h√° mais recrimina√ß√Ķes e discuss√Ķes, muitas vezes por motivos triviais, quanto porque a comunica√ß√£o √© t√£o empobrecida que fica praticamente reduzida a monoss√≠labos. No √ļltimo caso, √© prov√°vel que o casal esteja junto, mas ausente porque eles compartilham apenas a presen√ßa f√≠sica.


  1. Intoler√Ęncia para com o comportamento do outro

Um dos sintomas mais dif√≠ceis da perda do amor √© a avers√£o que o parceiro pode causar. Quando sentirmos que n√£o temos mais nada em comum com o outro, deixaremos de olh√°-lo pelo prisma do amor e come√ßaremos a v√™-lo atrav√©s de lentes cinzentas, para que todos os seus defeitos e erros cres√ßam e se tornem insuport√°veis ‚Äč‚Äčem nosso olhos. Desenvolvemos intoler√Ęncia para com os erros do outro, mesmo os mais irrelevantes, que rapidamente se tornam fonte de raiva ou repulsa e acabam gerando discuss√Ķes.


  1. Fantasias de infidelidade

Basicamente, a falta de amor se deve ao fato de a relação do casal não atender mais adequadamente às necessidades de pelo menos um dos membros. Portanto, não é surpreendente que a diminuição das fantasias de prazer com o parceiro seja seguida por fantasias com outra pessoa. Se sentimos falta de amor, é normal que passemos a olhar mais para os outros, a acharmos os outros mais atraentes e, em alguns casos, podemos até chegar à infidelidade.

  1. Perda do desejo sexual

Um dos sinais mais √≥bvios de falta de amor √© a separa√ß√£o f√≠sica do parceiro. N√£o s√≥ desaparece o desejo pelo outro, mas tamb√©m a necessidade de intimidade e proximidade f√≠sica que une os cora√ß√Ķes. Em outros casos, a esfera sexual torna-se simplesmente mon√≥tona e desprovida de est√≠mulos. Beijos e car√≠cias n√£o desaparecem, mas se transformam em atos autom√°ticos que pouco significam para o outro.

Vale esclarecer que a aus√™ncia de express√Ķes de afeto ou a perda do desejo sexual nem sempre s√£o sintomas de perda do amor. Em alguns casos, o estresse, a tristeza patol√≥gica, a exist√™ncia de algum dist√ļrbio emocional ou uma fase particularmente dif√≠cil da vida levam √† omiss√£o de gestos de afeto ou interesse sexual, sem necessariamente implicar que est√° come√ßando a acabar. '


As etapas da perda do amor, um processo complexo

Perder o amor geralmente não acontece da noite para o dia. Geralmente é um processo gradual em que você perde o interesse na outra pessoa e no relacionamento.

A primeira fase geralmente é a perda de paixão. O casal está junto, mas começam a sentir que nada é como antes, perderam a chama e a emoção iniciais quando estão juntos. Nesse ponto, o relacionamento se torna mais monótono.


Na segunda fase da falta de amor, o compromisso com o relacionamento começa a entrar em colapso. Uma das pessoas se distancia, de modo que o relacionamento começa a se enfraquecer emocionalmente. Nesse ponto, o casal começa a levar uma vida cada vez mais separada.

Na √ļltima fase da falta de amor aparece o desapontamento. As imperfei√ß√Ķes do outro tornam-se mais vis√≠veis e algumas de suas caracter√≠sticas ou comportamentos tornam-se incompat√≠veis e intoler√°veis. O que antes era positivo torna-se negativo e a sensa√ß√£o de que o relacionamento n√£o tem futuro se fortalece porque √© muito dif√≠cil recuperar a ilus√£o.

√Č importante ressaltar que muitas vezes esse processo n√£o ocorre de forma linear. Em alguns casos, voc√™ pode alternar fases de amor e per√≠odos de descontentamento. Nessas circunst√Ęncias, o parceiro √© amado e desprezado ao mesmo tempo, pelo que poder√≠amos definir como um "insatisfa√ß√£o incompleta‚ÄúQue √© produto da ambival√™ncia de sentimentos.

√Č poss√≠vel reverter a falta de amor?

Estar apaixonado n√£o √© o mesmo que amar. Apaixonar-se √© um processo profundamente mediado pela qu√≠mica do c√©rebro, pois √© liberado um grande n√ļmero de horm√īnios, como a oxitocina e a vasopressina, que s√£o os principais respons√°veis ‚Äč‚Äčpela sensa√ß√£o de frio na barriga, sentimos nas nuvens ou acreditamos que o 'outra pessoa √© perfeita. O amor, por outro lado, √© um sentimento mais profundo e s√≥lido a partir de uma imagem mais realista do outro e da rela√ß√£o.

Isso significa que as rea√ß√Ķes qu√≠micas que experimentamos no in√≠cio da paix√£o podem desaparecer. √Č nesse exato momento que o amor entra em a√ß√£o. Portanto, quando a paix√£o desaparece, podemos revidar nutrindo um amor mais maduro que nos permite redescobrir uns aos outros - de verdade - e aceitar o outro como ele √© - com suas virtudes e defeitos.

Para isso, porém, devemos nos comprometer com o relatório e estar convencidos de que vale a pena. Se perdermos completamente a ilusão, ficarmos desapontados ou simplesmente decidirmos que não é isso que queremos, o descontentamento não vai embora.

Devemos estar prontos para entender quando acaba o amor e saber determinar se é uma crise de casal ou uma separação definitiva. Recusar-se a reconhecer que deixamos de amar uma pessoa ou que ela deixou de nos amar não interromperá o processo de perder o amor, mas apenas prolongará a agonia, causando problemas mais sérios dos quais será mais difícil se recuperar.

  • 10 Obtenha crescimento pessoal
Adicione um coment√°rio do Perdendo o amor: como reconhecer os sintomas?
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.