Aprenda a dizer n√£o

Aprenda a dizer n√£o

Aprenda a dizer n√£o

Última atualização: 07 setembro, 2020

Na vida devemos aprender a ser compreensivos e √†s vezes a nos adaptar aos outros. Em outras palavras, ser flex√≠vel. H√° pessoas, por√©m, que por v√°rios motivos (falta de auto-estima ou a sensa√ß√£o de que se n√£o corresponderem √†s expectativas dos outros n√£o ser√£o amadas) sempre desistem, a ponto de desmoronar. Acontece com quem n√£o conseguiu aprenda a dizer n√£o.


Ajudar os outros e ser generoso, além de ser recomendável, nos traz vários benefícios. No entanto, é importante priorizar e focar em nós mesmos: precisamos ser flexíveis sem ir ao limite e dividir em dois para sempre agradar os outros e colocar suas necessidades em cima das nossas. Devemos aprender a dizer não!


Quais são as consequências de não ser capaz de dizer não?

Quando n√£o estabelecemos limites, de alguma forma n√£o nos respeitamos. √Č como se f√īssemos invis√≠veis para n√≥s mesmos e todos os outros tivessem o direito de decidir por n√≥s. Quando isso acontece, nossa auto-estima diminui e muitas vezes d√° lugar a sentimentos profundos de solid√£o interior e fracasso.

Baixa autoestima

Sempre ser complacente com os outros sem nunca fazer o que realmente queremos nos levar√° a nos sentir mal conosco mesmos. Passaremos a acreditar que somos in√ļteis, que n√£o temos boas qualidades ou qualquer potencial. Gradualmente, a auto-estima sofre.

Sentimento de solid√£o

Quando sempre fazemos tudo pelos outros, quando não somos honestos com eles ou com nós mesmos sobre o que queremos e não queremos, acabamos sentindo um sentimento de solidão que nos deixa profundamente tristes. Achamos que ninguém nos ama pelo que somos, mas pelo que fazemos. Com nosso comportamento, porém, contribuímos para essa ideia. Como os outros realmente nos conhecerão se nos dedicarmos apenas a fazer o que eles querem ou o que achamos que eles querem?



"A coisa mais importante que aprendi depois dos 40 anos foi aprender a dizer n√£o quando tinha que ser n√£o."

-Gabriel Garcia Marquez-

Sensação de queda

Fazer o que os outros nos pedem tem um pre√ßo: abrir m√£o de nossos desejos e aspira√ß√Ķes. Isso nos leva a experimentar sentimentos cont√≠nuos de fracasso pelo que poderia ter acontecido. Por um ac√ļmulo de sonhos desfeitos e ilus√Ķes perdidas. Para isso, devemos evitar estar t√£o dispon√≠veis a ponto de nos separarmos.

Como aprender a dizer n√£o

Aprender a dizer não é importante para cuidar de nós mesmos e estabelecer limites. Praticar o amor próprio e começar a nos valorizar. Mesmo que lutemos, não podemos deixar o tempo passar antes de nos expressarmos. Os métodos a seguir podem ser de grande ajuda.

Pare de ter medo de críticas

Ningu√©m jamais concordar√° com tudo o que fazemos ou dizemos. Depois de aceitar essa ideia, perderemos o medo de ser aceitos e nos sentiremos mais fortes. Temos que enfrentar o medo da cr√≠tica e sermos n√≥s mesmos. Tudo o que os outros nos dizem s√£o apenas opini√Ķes.

"Somos expostos a críticas da mesma forma que somos expostos a um resfriado"

-Friedrich D√ľrrenmatt-

Imagine-se em diferentes situa√ß√Ķes

Se voc√™ sabe que tem dificuldade em dizer n√£o, visualize-se na situa√ß√£o em que se encontrar√°. Se voc√™ sabe que eles v√£o te perguntar alguma coisa, pense em como voc√™ pode responder. Qual ser√° a sua posi√ß√£o? Voc√™ se sentir√° muito mais relaxado quando estiver preparado para o que vai acontecer. No entanto, lembre-se de que as circunst√Ęncias nem sempre ser√£o como voc√™ as imaginou.



N√£o d√™ muitas explica√ß√Ķes

Você não precisa se justificar quando diz não. Explique o certo, seja sincero e educado. Um simples "não estou com vontade agora" é mais que suficiente.


Muitas vezes nos deixamos levar por tantos pensamentos. Sobre o que vamos dizer, sobre a desculpa mais plausível para inventar ou sobre como vamos dizer não. Essas ideias giram e giram em nossas cabeças como um hamster em uma roda.

No entanto, voc√™ n√£o precisa pensar muito. D√™ explica√ß√Ķes suficientes e pronto. Se voc√™ parar e pensar muito sobre esses pensamentos, a √ļnica coisa que vai conseguir √© gerar ansiedade que s√≥ vai prejudicar a si mesmo.

Aprenda a amar a si mesmo

Quando sempre queremos agradar os outros, muitas vezes fazemos coisas que não temos vontade de fazer. Devemos aprender a nos amar, a fazer o que gostamos e a não dedicar tanto tempo aos outros quando não o estamos dedicando a nós mesmos. Por que nos importamos tanto com os outros e tão pouco com nós mesmos?

N√£o seja sempre t√£o √ļtil

Se voc√™ se mostrar dispon√≠vel demais, alimentar√° a ideia de que todos podem contar com voc√™ a qualquer momento. √Č importante rejeitar propostas que voc√™ n√£o goste ou simplesmente dizer que n√£o tem tempo. √Äs vezes voc√™ pode at√© fingir estar distra√≠do ou descuidado. Sem precisar dizer nada, os outros perceber√£o que voc√™ tamb√©m pode dizer n√£o.


Aprenda a se amar sem a aprovação de todos

Voc√™ tem que aprender que nem sempre pode agradar a todos. Depois de fixar essa ideia em mente, voc√™ se sentir√° mais aliviado e n√£o dar√° muita import√Ęncia ao que os outros possam dizer.

Como diz o famoso ditado: "A caridade começa em casa". Não se esqueça disso, porque você é a coisa mais importante. Se você não se ama e não se cuida, ninguém fará isso por você.

Adicione um coment√°rio do Aprenda a dizer n√£o
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.