Perdoe-se e pare de se criticar

Perdoe-se e pare de se criticar

Perdoe-se e pare de se criticar

Última atualização: 20 de fevereiro de 2018

Perdoe á si mesmo. Seja corajoso o suficiente para ser compassivo consigo mesmo. Pare de se criticar, de se culpar, de pensar no que teria acontecido se você tivesse agido diferente... Por que se maltratar tanto?

Você realmente acha que se tratando assim você vai conseguir alguma coisa? Você acha que a solução é se punir por seus erros? Um erro é apenas uma maneira ruim de sentir algo, mas não precisa ser motivo para afundar quem o cometeu. A chave é perdoar a si mesmo.



Não há necessidade de odiar a si mesmo, gritar com você por dentro, dirigir-lhe todos os piores adjetivos que vêm à sua mente... Nem que o que você fez de errado agora é uma parte predominante de sua identidade. Como você pode reduzir tudo o que você é a um erro? Por que esconder seus valores, suas virtudes, seu gênio? Mais uma vez a solução é perdoar a si mesmo.

Ok, você não queria que fosse assim, essa não era sua intenção, mas não faz sentido que a partir de agora você esteja se escondendo na caverna profunda do autodesprezo. Deixe-me dizer-lhe algumas coisas. Não queremos convencê-lo, apenas pense nisso. E então você pode decidir.

Errar é humano

Errar √© humano. √Č assim. Errar √© algo comum, principalmente se queremos evoluir. N√£o basta cometer um erro, todo mundo est√° errado. Alguns todos os dias, outros de vez em quando‚Ķ Na vida escolhemos tantas vezes que √© imposs√≠vel encontrar sempre a melhor op√ß√£o. Al√©m disso, como disse William James, quando fazemos uma escolha e quando n√£o fazemos, isso tamb√©m j√° √© uma escolha em si e, como tal, traz consigo a possibilidade de cometer erros.



Como voc√™ pode ver, voc√™ n√£o fez nada que os outros n√£o fizeram t√£o bem. Na verdade, √© a norma e n√£o a exce√ß√£o. Por mais persistente que voc√™ pense o contr√°rio. Um erro √© um convite para descobrir outro caminho, outra maneira de fazer as coisas. Um trampolim para a melhoria. N√£o o buraco para cair para nunca mais sair, para ficar preso e deixar ir. N√£o √© nem mesmo a raz√£o para se chicotear, para ser seu pr√≥prio juiz e carrasco ao mesmo tempo.

Há erros e erros, isso é claro. Deve ser dito. Aqueles que são feitos involuntariamente e aqueles que trazem ofensa e humilhação deliberada para outras pessoas. Estes são muito mais complexos e requerem uma discussão separada, especialmente se repetidos ao longo do tempo.

Talvez sejam sinais de orgulho, ressentimento ou imaturidade emocional. De qualquer forma, quando voc√™ perde o controle sobre eles, √© melhor consultar um profissional. Mas n√£o estamos aqui para falar deste √ļltimo, mas do outro tipo. Daqueles que cometemos com mais frequ√™ncia e se tornam nossas correntes...

N√£o se torne seu pior inimigo

Voc√™ pode n√£o ter notado ainda, mas desde o seu erro, voc√™ gradualmente se transformou em seu pior inimigo. No primeiro dia voc√™ sentiu pena e pensou em qu√£o est√ļpido voc√™ era, mas ent√£o tudo que voc√™ fez foi jogar palavras venenosas em si mesmo. Voc√™ declarou guerra a si mesmo.

Você caiu na autocrítica mais voraz e implacável... até o mais profundo desprezo. E tudo isso em silêncio. Sim, durante sua vida diária, enquanto você ia de um lugar para outro, no chuveiro, na cama... Sem perceber você se classificou como monstros e, embora quase ninguém perceba de fora, algo dentro de você tem foi quebrar.



Talvez você esteja deixando algumas pistas, como estar na defensiva ou mais sem graça do que o normal. Também pode ser que você tenha limitado sua vida um pouco mais. Você não sente mais vontade de fazer algumas coisas ou às vezes parou de falar com os outros. O ponto é que cometer um erro invadiu completamente sua vida e desorientou você.


D√ļvida, preocupa√ß√£o excessiva, confronto, culpa e cr√≠tica s√£o agora seus melhores amigos. Parece que voc√™ n√£o pode fazer nada sem eles, e se eles n√£o aparecerem, voc√™ come√ßa a procur√°-los. Voc√™ foi preso no mal-estar.

Perdoe-se para avançar

Você ainda acha que lidou com seu erro da melhor maneira possível? Você acha que se tornar seu inimigo é o preço certo para estar errado? Bem não. Você é muito mais do que apenas colecionar todos os seus erros.

Perdoar é aprender a deixar ir para se reinventar.

O perd√£o √© a √ļnica maneira de romper com tudo o que foi destrutivo at√© hoje. A melhor maneira de quebrar as correntes que prendem para seguir em frente. Mas voc√™ n√£o precisa fazer isso porque se sente compelido ou porque est√° lendo, mas porque realmente sente que precisa faz√™-lo.

O que está feito está feito. Você não pode mudá-lo. Você não tem o poder de viajar no tempo para mudar o que aconteceu, mas tem coragem suficiente para compensar esse erro procurando outras alternativas. Isso não significa ignorá-lo, mas ter a coragem de assumir a responsabilidade que vem com ele.


Olhe no espelho e reconcilie-se consigo mesmo. Peça perdão a si mesmo. Realmente faça isso, do fundo do seu coração. Dê a si mesmo outra chance. Porque nada nos educa mais do que um erro. Se fizermos dele um professor e não um companheiro, é claro.

Adicione um coment√°rio do Perdoe-se e pare de se criticar
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load