Durando um relacionamento quando o amor acabou

Durando um relacionamento quando o amor acabou

Durando um relacionamento quando o amor acabou

Última atualização: 02 setembro, 2020

Pode chegar um momento em que surge a questão de saber se vale ou não a pena continuar seu relacionamento como casal. Mal-estar, tristeza, solidão ou sensação de vazio podem se tornar insuportáveis, mesmo com outra pessoa ao seu lado. Nós iremos, por que suportar um relacionamento que não nos satisfaz, onde o amor acabou?

Olhando a situa√ß√£o de um ponto de vista externo, facilmente perceberemos todo o mal que estamos causando a n√≥s mesmos. Isso se aplica n√£o apenas √†s rela√ß√Ķes de casal, mas tamb√©m √†s amizades ou √†s rela√ß√Ķes familiares: suportar e deixar a rela√ß√£o precipitar, e n√≥s com ela, pode ser in√ļtil do ponto de vista externo.



Do lado de fora, tudo fica mais claro, mas muitas vezes insistimos nessa relação como se nada tivesse acontecido, independentemente do sofrimento, das feridas infligidas e das críticas constantes.

Muitas vezes decidimos suportar um relacionamento mesmo quando o amor acabou, porque acreditamos que √© a √ļnica coisa a fazer. Jogar a toalha na primeira oportunidade n√£o √© poss√≠vel, pensamos, porque seria um indicador de fracasso.

Vamos nos aprofundar nas raz√Ķes pelas quais um relacionamento √© duradouro, mesmo que o amor tenha acabado. 

Era uma vez os casais que duravam mais...

Você provavelmente já ouviu essa frase mais de uma vez, pronunciada por uma pessoa mais velha ou talvez alguém da sua idade. Se olharmos para o passado, parece que suportar um relacionamento, mesmo quando você não estava feliz, era um mérito real. Como se o relacionamento fosse uma corrida de obstáculos para ganhar uma medalha. Quanto mais tempo durasse, maiores as chances de ganhar.


Hoje em dia, o n√ļmero de separa√ß√Ķes e div√≥rcios aumentou, muitas pessoas n√£o t√™m medo de se despedir quando seu relacionamento n√£o est√° dando certo. No entanto, em muitas outras ocasi√Ķes, a cren√ßa de que resistir em um relacionamento √© positivo ainda pesa muito. Talvez isso se deva aos ideais do amor rom√Ęntico ainda em voga, como acreditar que o mal-estar duradouro √© uma prova de amor. Como se deixar o tempo passar pudesse resolver os problemas. A quest√£o √© que sem compromisso, sentimentos, vontade de continuar e de aumentar o bem-estar da rela√ß√£o, esta est√° fadada ao fracasso.


O que significa suportar?

Talvez seja apropriado diferenciar os significados do termo "suportar". Nesse caso, n√£o estamos falando do esfor√ßo feito para superar um problema que surgiu no relacionamento, mas de resignar-se a algo que n√£o deve ser tolerado. Por isso √© importante diferenciar algumas situa√ß√Ķes em que tentar, resistir e se esfor√ßar para seguir em frente √© a escolha certa.

  • Incompreens√£o no casal. N√£o saber se comunicar corretamente, n√£o ouvir e n√£o ser verdadeiro pode causar mal-entendidos e falta de compreens√£o. Esse problema pode ser resolvido com o empenho de ambos ou com a ajuda de um psic√≥logo de casal.
  • Problemas sexuais. Falta de paix√£o, ejacula√ß√£o precoce ou outros tipos de problemas sexuais n√£o precisam ser suportados tacitamente. As solu√ß√Ķes existem, basta a ajuda de um especialista em sexualidade.

Estes s√£o alguns exemplos de dificuldades t√≠picas de relacionamento e que n√£o implicam necessariamente no fim do casal, uma vez que o problema pode ser resolvido com esfor√ßo e ajuda externa. H√° outras situa√ß√Ķes, no entanto, em que n√£o h√° mais nada a fazer a n√£o ser terminar o relacionamento o mais r√°pido poss√≠vel.


Por que aturar um relacionamento doloroso?

Continuar um relacionamento em que voc√™ n√£o tem paix√£o ou a capacidade de se comunicar √© muito diferente de continuar um relacionamento em que voc√™ sofre. No primeiro caso as solu√ß√Ķes existem, basta agir para resolv√™-las. No segundo caso, no entanto, muitas vezes √© melhor nos isolarmos, especialmente se nossa liberdade e nossa capacidade de ser feliz estiverem comprometidas.

√Äs vezes persistimos, mesmo que em momentos de lucidez percebemos que estar√≠amos melhor sem a outra pessoa. Essa insatisfa√ß√£o muitas vezes se traduz em infidelidade, maus-tratos, manipula√ß√£o, desrespeito... S√£o rela√ß√Ķes que correm o risco de atropelar muito nossa autoestima e nossa dignidade, caso ainda n√£o o tenham feito. No entanto, continuamos a investir em algo que est√° desmoronando.



√Äs vezes achamos apropriado suportar um relacionamento mesmo quando ele √© caracterizado por desrespeito, provoca√ß√Ķes e manipula√ß√£o. Vamos fechar os olhos a tudo isso e justific√°-lo porque estamos muito apaixonados, porque dependemos do outro ou simplesmente porque estamos convencidos de que n√£o podemos aspirar a nada melhor.

Por que sofrer sem motivo?

As vezes suportamos essas situa√ß√Ķes porque acreditamos que s√£o sin√īnimos de amor. ‚ÄúSe d√≥i, √© amor‚ÄĚ, muitas vezes ouvimos as pessoas dizerem em romances ou can√ß√Ķes, e talvez acab√°mos por acreditar tamb√©m. Mas o amor n√£o √© isso, √© outra coisa.

Se para nós o relacionamento significa tortura, desperdício de energia, sofrimento constante, suportar o insuportável... isso pode ser amor verdadeiro Ou talvez estejamos apenas deixando que eles nos machuquem?

Ninguém com algum sentido busca a dor. Quando involuntariamente aproximamos nossa mão do fogo, imediatamente nos esquivamos. Em vez disso, quando vivemos em um relacionamento que dói e queima, às vezes ficamos lá, para suportar.


Questionar nossas crenças sobre o amor, mudar a perspectiva da qual vemos as coisas e cuidar do cultivo de nossa autoestima são fundamentais para manter relacionamentos saudáveis. Daqueles em que o verbo "tomar" nem é pronunciado.

Agora pense... O que você passou a suportar em nome do amor?

Adicione um coment√°rio do Durando um relacionamento quando o amor acabou
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load