Ter a coragem de agir para melhorar

Ter a coragem de agir para melhorar

O corajoso √© aquele que, apesar do medo, age. A coragem reside naqueles que, mesmo nas piores circunst√Ęncias, se esfor√ßam para mudar para alcan√ßar o bem-estar e a liberdade. Falamos sobre isso neste artigo.

Ter a coragem de agir para melhorar

Escrito e verificado pelo psicólogo GetPersonalGrowth.

Última atualização: 15 de novembro de 2021

O que torna uma pessoa corajosa? √Č coragem, destemor ou grande determina√ß√£o? A psicologia vem analisando esse aspecto do car√°ter h√° anos e, por mais curioso que pare√ßa, h√° um aspecto comum nas v√°rias defini√ß√Ķes: ter a coragem de agir permite que voc√™ alcance seus objetivos. Trata-se de se esfor√ßar para fazer mudan√ßas positivas em circunst√Ęncias dif√≠ceis ou em que outros desistiriam.



Martin Seligman, promotor da psicologia positiva, destacou que a coragem é o fator que atua como um dos componentes mais curativos durante a terapia. E por uma razão muito simples: esse fator geralmente tem uma raiz genética, além de educacional e ambiental.

S√£o nossos pais que muitas vezes incutem essa atitude proativa em rela√ß√£o √† vida em n√≥s; √†s vezes temos que deixar o medo de lado para conseguir o que queremos. Se n√£o recebemos esses refor√ßos na inf√Ęncia, se crescemos com inseguran√ßas ou tivemos experi√™ncias traum√°ticas, a coragem pode desaparecer completamente.

Por isso, Seligman v√™ a coragem como um elemento essencial que deve aparecer durante o processo terap√™utico. Quando aparece, gra√ßas ao trabalho do m√©dico e ao esfor√ßo do paciente, fica evidente que a pessoa fez uma mudan√ßa. Nesses casos, percebe-se que a pessoa foi determinada e encontrou dentro de si as motiva√ß√Ķes necess√°rias para mudar de vida.


√Č nesse momento que, finalmente, ele decide moldar uma nova fase de sua vida em que tem o controle e a seguran√ßa necess√°rios para alcan√ßar o bem-estar. Este √© o melhor tipo de coragem, aquele que mais nos enriquece.


Ter a coragem de agir nos aproxima do sucesso

A literatura cient√≠fica afirma que a coragem surge como resultado de uma luta primordial contra emo√ß√Ķes como o medo. Do ponto de vista neurobiol√≥gico, √©, antes de tudo, regular a influ√™ncia da am√≠gdala, aquela √°rea do c√©rebro ligada √†s emo√ß√Ķes mais intensas. A mesma que nos paralisa e controla nossos pensamentos quando toma conta de n√≥s.

Ter coragem tamb√©m envolve capacitar √°reas como o c√≥rtex pr√©-frontal ‚Äď uma √°rea do c√©rebro ligada √† tomada de decis√Ķes, reflex√£o, planejamento e aten√ß√£o aos est√≠mulos ambientais ‚Äď sem a influ√™ncia do medo ou ang√ļstia. Grande parte da pesquisa sobre coragem vem dos militares (Neria, Solomon, Ginzburg e Dekel 2000) e daquelas hist√≥rias em que alguns soldados realizaram atos her√≥icos em situa√ß√Ķes extremamente perigosas.

‚ÄúConsegui manter a calma e agir‚ÄĚ √© a frase t√≠pica de muitos jovens treinados para intervir em situa√ß√Ķes de risco. E para todos os outros? Podemos ser her√≥is sem necessariamente estar em um campo de batalha?

Os Drs. Uhri Kugel e Catherine Haussman conduziram pesquisas na Universidade de Oxford que nos fornecem dados interessantes. Vamos analis√°-los juntos.

√Č uma habilidade cognitiva

Ter coragem de agir faz a diferen√ßa porque a mudan√ßa, neste caso, vem de n√≥s. Focamos em atingir um objetivo apesar das situa√ß√Ķes adversas. E voc√™ n√£o precisa ser um her√≥i como Lord Byron, que lutou contra os turcos na Gr√©cia. De acordo com a ci√™ncia atual, coragem √© uma habilidade cognitiva que todos n√≥s podemos aprender e usar.



Consiste em estimular nossa vontade de agir apesar do medo, em deixar de ser incerto e duvidoso, mas continuar e agir. Isso é possível trabalhando nos seguintes aspectos:

  • Boa gest√£o da ansiedade. Se formos capazes de reconhecer os padr√Ķes de pensamento que nos aprisionam no medo, seremos capazes de redefinir nossa mente para agir.
  • Seja emocionalmente consciente. Precisamos saber nos conectar com nossas emo√ß√Ķes para transform√°-las e us√°-las a nosso favor (e n√£o ser v√≠timas delas).
  • Lembre-nos quais s√£o os nossos valores, nossos objetivos e nossos objetivos pessoais.
  • Veja as altera√ß√Ķes que, se ousarmos, nos permitir√° obter o que desejamos.

Ter coragem de agir é promover a mudança para aspirar a uma realidade mais satisfatória

Franco, Blau e Zimbardo (2011) definiram coragem como a capacidade de agir pr√≥-socialmente apesar do risco pessoal. Esta defini√ß√£o recebeu algumas cr√≠ticas: a coragem nem sempre √© voltada para salvar os outros. Tamb√©m √© √ļtil para nos salvarmos.


Como apontou Martin Seligman, para que a terapia psicol√≥gica seja eficaz, a pessoa deve despertar sua coragem e fortalecer sua determina√ß√£o para superar medos, limita√ß√Ķes e inseguran√ßas para alcan√ßar o bem-estar. Dessa forma, uma pessoa se sentir√° mais capacitada para conseguir o que deseja e fazer mudan√ßas que a aproximem da felicidade.


Como se costuma dizer, as pessoas muitas vezes vivem de f√© e esperan√ßa. No entanto, o que pode realmente transformar nossa realidade √© a a√ß√£o. Coragem √© uma combina√ß√£o m√°gica de emo√ß√Ķes, pensamentos e sentimentos voltados para a melhoria e destinados a promover mudan√ßas positivas para n√≥s e para os outros. √Č importante lembrar disso.

Adicione um coment√°rio do Ter a coragem de agir para melhorar
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load