Sorte: Por que alguns sim e outros n√£o?

    Sorte: Por que alguns sim e outros n√£o?

    Em termos gerais, pode-se dizer que existem dois tipos de
    pessoas: aqueles que acreditam em fortuna
    (e quase sempre ficam amargurados) e aqueles que acreditam em seus próprios
    chance. Este √ļltimo tende a ser aberto a todas as op√ß√Ķes,
    eles avaliam todos os caminhos imagin√°veis ‚Äč‚Äčque podem seguir e, se n√£o, as coisas
    eles vão como eles esperavam, eles se levantam, eles se livram da decepção e
    eles continuam em busca de novas oportunidades. Obviamente, esta forma de considerar
    sorte permite que eles sejam muito mais felizes e alcancem seus
    metas.



    A sorte é difícil de estudar, mas Elizabeth
    Williams Nutt, professor de psicologia da St. Mary's University em
    Maryland descobriu que pessoas "sortudas" têm certas características
    essencial em comum: eles aproveitam as oportunidades, são competentes, têm
    autoconfiança e assumir riscos. Outro detalhe importante é
    que essas pessoas tendem a ter um bom sistema de suporte disponível
    Ao redor deles. Por outro lado, Richard Wiseman, descobriu que o
    pessoas de sorte têm uma personalidade muito extrovertida. Isso significa que
    essas pessoas s√£o mais propensas a ter encontros casuais, conhecer pessoas
    novo e tem um grande grupo de amigos e conhecidos. Da mesma forma, estes
    as pessoas são menos neuróticas, o que indica que experimentam menos estados negativos
    tais como: ansiedade, raiva, culpa e depressão. Este psicólogo realizou um experimento muito
    interessante em que ele colocou algum dinheiro no ch√£o porque as pessoas fazem isso
    encontrado por acaso. Tanto as pessoas que se consideravam sortudas quanto aquelas
    que se consideravam infelizes arrecadavam o dinheiro, só os primeiros, assim que o arrecadavam,
    eles foram até a máquina de café e iniciaram uma conversa animada com
    um dos pesquisadores, enquanto os que se consideravam desafortunados, captou
    o dinheiro sem demonstrar alegria e partiram imediatamente. O que isto significa? Isso provavelmente nem mesmo este encontro "fortuito"
    de dinheiro mudou a crença daqueles que se consideram infelizes. Em outro
    palavras, estamos tão fechados na visão que temos de nós mesmos que nem mesmo eu
    sinais externos nos fazem mudar de ideia. Em suma, talvez devêssemos mudar o conceito de que
    somos sortudos. Pare de pensar que é algo fora de nós e
    começar a imaginar que a sorte também é uma atitude que devemos
    mostrar na frente da vida. Felizmente, Wiseman nos dá algumas dicas para “atrair
    sorte ‚ÄĚ: - Quebre a rotina: conhe√ßa gente nova, empreenda
    caminhos diferentes para chegar aos mesmos lugares e se abrir a oportunidades,
    mesmo quando são desconhecidos. - Transforme o que é negativo em positivo: se
    algo dá errado, você acha que poderia ter sido pior e tenta
    tire o máximo proveito dessa experiência, mesmo que sirva apenas como uma lição
    para o futuro. - Siga seus instintos: muitas vezes é instinto
    o que nos leva a tomar as melhores decis√Ķes, ent√£o, devemos aprender a
    escute melhor. - Planeje metas importantes, mas alcançáveis:
    definir metas importantes que exigem esforço e perseverança, mas
    que você pode realmente alcançar. Colocar a linha de chegada mais longe às vezes e
    tudo que você precisa para ter sorte.
    Adicione um coment√°rio do Sorte: Por que alguns sim e outros n√£o?
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.