Porque o amor é cego

Quem sou
Louise Hay
@louisehay
FONTES CONSULTADAS:

wikipedia.org

"O amor √© cego" diz um ditado popular e agora a realidade cient√≠fica ap√≥ia essa ideia. Quando uma pessoa apaixonada v√™ apaixonadamente a imagem da pessoa amada, partes de seu c√©rebro s√£o ativadas, mas curiosamente os lobos frontais diminuem sua atividade. Todos n√≥s sabemos que os lobos frontais s√£o carregados de autocontrole, c√°lculo e julgamento por excel√™ncia. Assim, poder√≠amos entender por que, quando nos apaixonamos, nos mostramos menos cr√≠ticos do que nosso ente querido, nossa capacidade de julgar fica atenuada. Alguns chamam isso de forma gentil: a loucura do amor. √Č importante ressaltar que a capacidade cr√≠tica n√£o se limita a todos ou a tudo, mas apenas em rela√ß√£o ao ente querido. Al√©m disso, este estado n√£o √© mantido para sempre, √© evidente apenas nos primeiros est√°gios do amor e da paix√£o; assim que o relacionamento se torna est√°vel, a pessoa volta a assumir uma atitude cr√≠tica. No entanto, a suspens√£o da capacidade cr√≠tica n√£o √© destacada apenas durante o ato sexual, mas tamb√©m no amor materno, como voc√™ pode ver na imagem no in√≠cio do artigo. As m√£es tendem a ser menos cr√≠ticas aos pr√≥prios filhos do que aos filhos dos outros. Essa altera√ß√£o est√° intimamente relacionada √†s altera√ß√Ķes qu√≠micas em que s√£o geradas subst√Ęncias como a dopamina, respons√°vel pela atra√ß√£o interpessoal, ou a serotonina, que desempenha um papel fundamental nos pensamentos obsessivos. Tamb√©m ocorre diminui√ß√£o da atividade em regi√Ķes relacionadas √†s emo√ß√Ķes negativas e ativa√ß√£o em √°reas de recompensa, rea√ß√£o de euforia bastante semelhante √† observada no c√©rebro de viciados em drogas. Em suma, quando estamos apaixonados passar√≠amos por um estado que √© um meio-termo entre a loucura e a toxicomania, mesmo que al√©m do que dizem os resultados cient√≠ficos seja um estado altamente agrad√°vel que pode mudar nossas vidas de uma maneira maravilhosa. ., ou ... quem sabe, ser√° que estou apaixonado e n√£o consigo discernir bem?



Adicione um comentário do Porque o amor é cego
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.