close
    search Buscar

    Por que temos lapsos de memória repentinos enquanto falamos?

    Quem sou
    Louise Hay
    @louisehay
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Coment√°rios sobre o item:

    aviso de conte√ļdo

    Provavelmente j√° aconteceu com voc√™ mais de uma vez: voc√™ est√° falando e de repente voc√™ congela, voc√™ tem um s√ļbito lapso de mem√≥ria, voc√™ simplesmente n√£o sabe mais o que dizer, √© como se todas as informa√ß√Ķes em sua mente tivessem sido apagadas em de uma s√≥ vez. Isso pode acontecer quando falamos em p√ļblico ou quando estamos em um evento que √© muito importante para n√≥s, como um exame ou uma entrevista de emprego.

    O que acontece no cérebro quando esquecemos as palavras?

    Existem v√°rias raz√Ķes pelas quais podemos nos encontrar com a mente vazia. Na verdade, em alguns casos √© um sinal de envelhecimento, outras vezes √© um sintoma de uma doen√ßa neurodegenerativa.



    Mas geralmente √© simplesmente devido ao estresse e ansiedade. Na verdade, √© um fen√īmeno comum quando nos expomos a forte estresse emocional, como no caso de responsabilidades excessivas ou quando uma situa√ß√£o nos preocupa muito.

    O problema √© que, quando estamos ansiosos, a maneira como nosso c√©rebro processa os pensamentos muda e entramos no que poder√≠amos chamar de "modo reativo". Nesse caso, os m√ļsculos ficam tensos, os sentidos se agu√ßam e ocorrem mudan√ßas neuroqu√≠micas que nos permitem reagir fisicamente mais r√°pido, mas todos esses fen√īmenos n√£o ajudam a mem√≥ria.

    Uma dessas mudan√ßas √© a libera√ß√£o de corticosterona, horm√īnio que entra em a√ß√£o principalmente em situa√ß√Ķes de estresse, medo e ansiedade ou quando nos lembramos de um acontecimento "traum√°tico" do passado. Esse horm√īnio √© sintetizado no c√≥rtex adrenal e uma de suas fun√ß√Ķes √© justamente a de bloquear os sistemas de recupera√ß√£o de informa√ß√Ķes.

    A corticosterona afeta o funcionamento de diferentes √°reas do c√©rebro, incluindo o hipocampo, que √© cr√≠tico para a mem√≥ria, a am√≠gdala, que est√° associada √†s emo√ß√Ķes, e o c√≥rtex cerebral, que est√° envolvido na recupera√ß√£o da mem√≥ria. Na verdade, neurocientistas da Universidade de Bordeaux descobriram que a corticosterona literalmente inunda o hipocampo apenas 15 minutos depois de ser submetida a um estresse agudo.



    A este respeito, verificou-se que, se os glucocortic√≥ides forem administrados antes de um teste de aprendizagem, √© mais f√°cil obter informa√ß√Ķes. Al√©m disso, esse horm√īnio tamb√©m afeta a dura√ß√£o dos lapsos de mem√≥ria, que √†s vezes podem chegar a 90 minutos. √Č por isso que os dados que n√£o consegu√≠amos lembrar durante um exame, uma entrevista de emprego ou uma apresenta√ß√£o ressurgem suavemente mais tarde, quando estamos mais relaxados.

    Como evitar essa situação?

    Como você pode imaginar, a melhor estratégia para evitar lapsos de memória é controlar o estresse. Portanto, se você sabe que está prestes a enfrentar uma situação que gera estresse e ansiedade, pratique primeiro técnicas de relaxamento ou de controle da respiração.

    Também o ajudará a não adotar um discurso hipercrítico em relação a si mesmo, porque manter esse diálogo constantemente em sua mente acabará saturando o cérebro, o que produzirá uma lacuna de memória na tentativa de se reinicializar.


    Outro truque √© tentar recuperar as informa√ß√Ķes da mesma maneira que voc√™ as adquiriu. Na verdade, um dos erros mais comuns dos quais n√£o nos lembramos de algo √© porque o procuramos na √°rea errada da mem√≥ria. Na pr√°tica, procuramos ativar um circuito diferente do utilizado na aprendizagem, por isso n√£o conseguimos encontrar o que procuramos.


     

    Adicione um comentário a partir de Por que temos lapsos de memória repentinos enquanto falamos?
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.