close
    search Buscar

    Pessoas com preconceitos: Não se consuma em dar explicações a quem acredita apenas no que quer acreditar

    Quem sou
    Joe Dispenza
    @joedispenza
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Comentários sobre o item:

    aviso de conteúdo

    Quando duas pessoas maduras "discutem" sobre um assunto, mesmo que não cheguem a um acordo, acabam ganhando os dois porque, ouvindo os argumentos uma da outra, aprendem algo novo ou adquirem um ponto de vista que enriquece os seus.

    Por outro lado, quando um preconceituoso participa da discussão que ouve apenas o que quer ouvir e acredita no que quer acreditar, a conversa será inútil porque não haverá argumentos ou explicações que o façam pensar, ou pelo menos fazê-lo entender o nosso ponto de vista.



    Infelizmente, o mundo está cheio de pessoas com preconceitos e até nós mesmos podemos ter nos comportado assim algumas vezes. Tentar raciocinar com uma pessoa que se esconde atrás de seus preconceitos não só é inútil, como também nos destrói emocionalmente. O primeiro passo para evitar cair na armadilha é aprender a reconhecê-los.

    Como reconhecer pessoas com preconceitos?

    Pessoas com preconceito são aquelas que formam uma opinião, geralmente negativa, sobre algo ou alguém antes de saber.

    Essas pessoas pré-julgam as coisas com antecedência, e a pior parte é que não conseguem mudar de ideia diante dos fatos.

    - Eles têm um sistema de valores rígido e criticam duramente qualquer coisa além disso.

    - Possuem um pensamento dicotômico, do tipo "tudo ou nada", portanto não são capazes de compreender as diferentes nuances da vida.

    - Eles acreditam que seu ponto de vista é o único correto, e todos os outros estão errados.

    - Fixam-se apenas nos fatos que validam suas opiniões, ignorando qualquer evidência em contrário.

    - Eles fazem inferências rapidamente, com base em sua experiência limitada, e essas generalizações as aplicam a todos.


    - Eles não estão interessados ​​em fazer acordos com os outros, mas apenas em afirmar suas próprias opiniões.


    Por que você não deveria discutir com essas pessoas?

    Discutir com essas pessoas é inútil. O problema é que desde o início se barricam em seus preconceitos, não se abrem a novas ideias e não conseguem adotar uma atitude empática.

    Essas pessoas tendem a praticar o que é conhecido como escuta seletiva, ou seja, elas se concentram apenas nas partes do discurso que validam suas ideias, ignorando o resto.

    Eles também são especialistas em direcionar conversas e usar a manipulação emocional, então é provável que acabem reconhecendo erros ou falhas que não são seus.

    Já que o objetivo deles não é entender você, mas criticar, é melhor não cair no jogo deles. Portanto, é importante não permitir que alterem seu equilíbrio emocional. Aceite que esta é a opinião deles e que eles não a mudarão. Portanto, você pode resolver a questão dizendo: “Entendo que essa é a sua opinião, mas não concordo com ela. Acho que não faz sentido continuar falando nisso ”.

    Pessoas com preconceitos acabam sendo vítimas de seus próprios preconceitos

    Se você é uma pessoa preconceituosa, precisa saber que está socialmente desfavorecido. Um grupo de psicólogos da Escola Politécnica Federal de Zurique descobriu que os preconceitos só servem a curto prazo, para formar uma ideia rápida da pessoa que está à nossa frente, mas a longo prazo tornam-se limitantes e prejudiciais.

    No experimento, os psicólogos fizeram os participantes se envolverem em um jogo de computador no qual as pessoas poderiam seguir duas estratégias: ser amigável ou hostil. No entanto, se um jogador era amistoso e encontrava outro que não era, ele perdia. Portanto, as pessoas poderiam decidir qual estratégia adotar, mesmo com base em uma análise rápida do seu oponente, por meio de um viés.



    Os psicólogos descobriram que as pessoas com preconceitos não aprendem com seus erros, portanto, não conseguem controlar seu comportamento e continuam perdendo. O problema é que os preconceitos não servem de bússola quando as situações sociais são mais complexas e apenas nos fazem julgar mal a pessoa à nossa frente ou parcialmente, fazendo-se surdos aos sinais de que estamos fora do caminho.


    Como as pessoas preconceituosas se fixam em apenas um traço, muitas vezes perdem de vista o quadro geral, e isso fará com que percam boas oportunidades ou fiquem socialmente isoladas.

     

    Adicione um comentário do Pessoas com preconceitos: Não se consuma em dar explicações a quem acredita apenas no que quer acreditar
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.