O que um lim√£o pode dizer sobre sua personalidade?

Sei introvertido ou extrovertido? Para responder a essa pergunta, a maioria das pessoas considera se se divertem em festas, t√™m dificuldade em conversar com estranhos ou podem falar em p√ļblico sem estresse, mas o problema dessa abordagem √© que ela n√£o √© muito objetiva. Devemos responder com honestidade, e √© dif√≠cil n√£o cair no autoengano e reconfirmar a imagem ideal que temos de n√≥s mesmos. Uma abordagem completamente diferente para responder a essa pergunta envolve o uso de um lim√£o, ou melhor, suco de lim√£o concentrado. Na verdade, √© um teste que tem uma longa hist√≥ria no contexto da psicologia da personalidade e √© muito f√°cil de fazer em casa. Voc√™ s√≥ precisa de um cotonete, ao qual ter√° que amarrar um fio exatamente no meio. Voc√™ precisa colocar uma ponta do cotonete na l√≠ngua por 20 segundos. Agora remova o palito e coloque cinco gotas de suco de lim√£o concentrado na l√≠ngua, engula e coloque a outra ponta do cotonete na l√≠ngua por mais 20 segundos. Por fim, pegue o cotonete pelo fio e deixe pendurado, neste ponto voc√™ ter√° que ver se fica mais ou menos horizontal ou se a ponta que voc√™ usou depois de ingerir o suco de lim√£o fica pendurada mais abaixo e nesse caso √© mais pesada. Se essa dica travar, √© porque o suco de lim√£o fez voc√™ salivar mais do que o normal, um sinal fisiol√≥gico de que voc√™ √© uma pessoa introvertida. Por outro lado, se o cotonete ficar relativamente horizontal, significa que voc√™ n√£o reagiu muito ao suco de lim√£o e provavelmente √© uma pessoa extrovertida. Porque? Como esse fen√īmeno pode ser explicado?

Pessoas introvertidas reagem com mais intensidade aos estímulos

Na verdade, esse experimento simples data de meados da década de 1960 e foi realizado pelos pioneiros da psicologia da personalidade, Hans Eysenck e Sybil Eysenck. No experimento original, esses psicólogos usaram instrumentos para medir a quantidade de saliva absorvida pelo algodão antes e depois .que as pessoas foram expostas ao suco de limão. Esses pesquisadores queriam confirmar a "teoria da excitação cortical" sobre extroversão e introversão. Segundo os psicólogos, essas características de personalidade têm uma base fisiológica, de modo que as pessoas introvertidas têm maior excitação cortical basal, o que faz com que reajam mais intensamente aos estímulos. Na prática, os introvertidos têm maior ativação cortical, o que explicaria por que tendem a ser mais persistentes e preferem evitar atividades sociais que causam excitação e atividades que geram excitação. Assim, os Eysencks descobriram que os introvertidos tendem a salivar mais em resposta ao suco de limão e que os extrovertidos sobem menos. No entanto, hoje sabemos que embora a introversão e a extroversão tenham um componente biológico e genético, a teoria da excitação é apenas meia verdade. Há ampla evidência indicando que os introvertidos tendem a responder com mais força a ruídos altos e outros estímulos sensoriais. Mas, ao contrário da teoria de Eysenck, há poucas evidências de que os introvertidos tenham um nível mais alto de excitação basal, então, embora o teste do limão não possa prever com precisão se você é extrovertido ou introvertido, ele dará algumas pistas sobre sua sensibilidade física. Se desejar fazer isso, você deve repetir pelo menos algumas vezes para obter resultados mais confiáveis.

Sua reação ao limão revela seu grau de empatia

No entanto, o teste do lim√£o tamb√©m pode fornecer outras pistas sobre sua personalidade. Uma pesquisa conduzida recentemente na Universidade de Zurique usou lim√£o para determinar o n√≠vel de empatia. Esses psic√≥logos pediram aos participantes que colocassem tr√™s peda√ßos de algod√£o na boca para coletar saliva. Enquanto isso, eles tiveram que assistir a dois v√≠deos de um minuto cada, o primeiro mostrando um homem movendo bolas coloridas, o segundo mostrando um homem cortando e comendo um lim√£o. Ap√≥s analisar o algod√£o, os psic√≥logos descobriram que os participantes salivavam. Mais vendo o homem quem comeu o lim√£o, rea√ß√£o conhecida como ‚Äúresson√Ęncia aut√īnoma‚ÄĚ, ou seja, temos a tend√™ncia de imitar automaticamente os estados fisiol√≥gicos dos outros, como quando bocejamos ao ver algu√©m bocejar. De fato, com a resson√Ęncia magn√©tica, viu-se que quando vemos uma pessoa sofrendo em nosso c√©rebro, as mesmas √°reas relacionadas √† dor s√£o ativadas, devido, entre outras coisas, √† ativa√ß√£o de neur√īnios-espelho. Por√©m, as pessoas diferiam no grau de sensibilidade, que foi encontrada na quantidade de saliva. Os psic√≥logos descobriram que as pessoas mais emp√°ticas eram as que mais salivavam. Claro, fazer esse teste em casa √© mais complicado porque voc√™ precisaria ter testes de outras pessoas dispon√≠veis para comparar os resultados. Ainda assim, s√£o experimentos interessantes que nos ajudam a entender que o corpo e a mente s√£o uma unidade indissol√ļvel.
Adicione um coment√°rio do O que um lim√£o pode dizer sobre sua personalidade?
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.