O poder m√°gico de arrumar por Marie Kondo

O poder mágico de arrumar de Marie Kondo é um texto que trata de um tema diretamente relacionado com o crescimento pessoal, ordenar o espaço que nos rodeia ajuda a reorganizar a nossa vida.

O poder m√°gico de arrumar por Marie Kondo

Reordenar é como dialogar consigo mesmo por meio de objetos.

Marie Kondo

O poder m√°gico de arrumar (encontre aqui na Amazon) √© um livro pr√°tico, que n√£o se perde em conversas in√ļteis, mas define claramente a solu√ß√£o para um problema.



Ter e ser capaz de manter a ordem em torno de si é uma possibilidade real de se beneficiar de uma limpeza mental o que se reflete em uma vida de maior qualidade.

Marie Kondo - Criadora do método Konmari

Marie Kondo ela é uma japonesa de trinta anos que fez seu trabalho mandar, ela até se formou neste setor específico, estudando por anos e tentando encontrar o melhor método para colocar em prática e ensinar em suas aulas de arrumação.

N√£o √© apenas uma quest√£o de economia dom√©stica: o poder m√°gico de arrumar visa trazer para dentro de quem o segue uma ordem n√£o apenas externa, mas f√≠sica, como se viver em ordem fosse um verdadeiro ritual que produz vantagens espirituais ao libertar o mente., cortando liga√ß√Ķes doentias com o passado e percebendo o que √© importante e √ļtil hoje.

Quem arruma sua casa tenta arrumar sua vida.


O método Konmari

De seu estudo e re-estudo, Marie compreendeu que não existe método que funcione e que é esporádico e livre de programação, seu procedimento deve ser seguido de uma vez no máximo em alguns meses.


Para come√ßar, precisamos saber que n√£o passamos de c√īmodo em c√īmodo, mas de categoria em categoria, por exemplo os livros espalhados pela casa, para avaliar o que se deve guardar e o que n√£o nos "excita mais" avaliando o que √© √ļtil e o que √© um uso in√ļtil do espa√ßo.

A fase mais pr√°tica consiste em encher sacos pretos com coisas in√ļteis, nunca usadas, guardadas e deixadas para acumular p√≥ por muito tempo.

O que é acumulado não deve ser repassado a parentes ou amigos que acabaria se sentindo obrigado a guardar a reciclagem dos outros e ficar ainda mais submerso e sufocado pelos objetos, mas sim doado à caridade, se em bom estado, para brechós ou bibliotecas dependendo do que está sendo liberado.

O método descrito no poder mágico de arrumar se desenvolve em vários estágios ou categorias:

# 1 Vista-se

Todas as roupas devem ser retiradas dos armários também avaliado cuidadosamente, depois de colocar de lado o que não usa mais, os sobreviventes são divididos por categoria:


  • Partes superiores (camisas, su√©teres)
  • Partes de baixo (cal√ßas, saias)
  • Coisas que precisam ser penduradas (jaquetas, ternos, casacos)
  • meias
  • Roupa de baixo
  • Bolsas
  • Acess√≥rios (len√ßos, cintos, chap√©us)
  • Roupa de banho
  • Sapatos

Uma vez que o armário foi esvaziado do que não é necessário, ele estará lá espaço para roupas para qualquer temperatura e você não precisará mais fazer a mudança de estação ficando sobrecarregado com roupas que não sabe onde guardar.


# 2 Livros

Assim que os guarda-roupas estão no lugar, passamos para as estantes de livros, outro ponto sensível.

Todos os livros cuja leitura foi adiada indefinidamente ou que não te emocionaram ou te serviram, devem ser excluídos e doados para que fique uma seleção, um pequeno "Olimpo", incluindo todos aqueles livros que realmente mudaram você e que você amou.

# 3 Documentos

Em casa temos muitos documentos, fotocópias de documentos, contas, contratos, receitas médicas, que se amontoam, mas não podem ser jogados fora e, portanto, precisam ser reorganizados com eficácia.

Mais uma vez vale a pena divida-os por categoria em contentores especiais para não desorganizar e para poder encontrar o que procura o mais rapidamente possível.

# 4 itens diversos

  • CD e DVD
  • Produtos para o corpo
  • cosm√©ticos
  • Acess√≥rios
  • Valores (livros banc√°rios, cart√Ķes de cr√©dito)
  • Dispositivos eletr√īnicos (c√Ęmeras digitais, cabos e tudo mais eletr√īnico)
  • Utens√≠lios de uso di√°rio (artigos de papelaria, utens√≠lios de costura)
  • Produtos de uso di√°rio (itens de consumo n√£o dur√°veis, como rem√©dios, produtos de limpeza dom√©stica, len√ßos)
  • Utens√≠lios de cozinha, pratos e muito mais

Se houver objetos específicos relacionados a hobbies, eles devem ser considerados separadamente como uma categoria própria.



# 5 Pequena mudança

Todas as moedas encontradas nas roupas, nas bolsas e em qualquer outro lugar da casa devem ser colocadas em um √ļnico porta-moedas e a√≠ deixadas at√© que esteja cheio, para guardar um pequeno mas importante pec√ļlio.

# 6 Lembre-se

Eles permanecem os √ļltimos no livro o poder m√°gico de arrumar, porque s√£o os mais dif√≠ceis de abandonar, mas vivemos no presente.

Por mais brilhante que tenha sido o nosso passado, n√£o √© de forma alguma poss√≠vel reviv√™-lo e as emo√ß√Ķes que sentimos agora s√£o o mais importante.

Portanto, mesmo no caso de um objeto que contém um determinado valor emocional, vale a mesma regra usada anteriormente, você tem que pegá-lo em suas mãos e perguntar a ele: "Você ainda me faz feliz?".

Selecione por categoria, na ordem correta e guarde apenas o que te faz feliz. Faça isso de uma vez, em um curto espaço de tempo, completamente.

Se voc√™ seguiu o m√©todo de Marie Kondo voc√™ vai perceber o que √© a quantidade certa, quando √© o suficiente e voc√™ jogou fora todas as f√ļteis gra√ßas ao instinto voc√™ vai entender o que √© aquele momento.

De repente, haverá um clique em sua cabeça e você dirá: "Ah, essa é a quantidade de coisas que preciso para viver sem problemas!"

Você recomenda o poder mágico de arrumar?

O poder m√°gico de arrumar indubitavelmente se enquadra na categoria de livros √ļteis para o aperfei√ßoamento pessoal.

Se voc√™ frequentemente se pega tendo que decidir ou selecionar itens em seu local de trabalho ou em casa, apenas para descobrir que muitos deles n√£o s√£o t√£o √ļteis, o poder m√°gico da arruma√ß√£o √© um livro que recomendo que voc√™ leia.

Adicione um coment√°rio do O poder m√°gico de arrumar por Marie Kondo
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load