close
    search Buscar

    O engano vem em pequenas doses

    Quem sou
    Joe Dispenza
    @joedispenza
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Coment√°rios sobre o item:

    aviso de conte√ļdo

    Há um conto popular que diz que se você colocar um sapo em uma panela com água fervente, ele pulará e fugirá imediatamente ao sentir a ameaça. Mas se você colocar em uma panela com água fria, acender o fogo e aumentar lentamente a temperatura, ela não escapará, com todas as consequências do caso.

    Alguns argumentam que esses experimentos foram realmente realizados, por volta do século XNUMX, e mostraram que a história tem um fundamento real. Hoje não temos tanta certeza de que isso seja verdade e não pretendo verificar sua veracidade, mas a história em si é interessante porque nos leva a refletir sobre como lidamos com as mudanças quando elas ocorrem gradativamente.



    Na verdade, pode ser que em algum momento de nossa vida nos encontremos fazendo coisas que antes pensávamos que eram impossíveis para nós, porque não se encaixam em nosso sistema de valores. Nesses casos, duas coisas podem acontecer: 1. Nos encontramos em uma situação excepcional e tivemos que tomar uma decisão excepcional ou, 2. Mudamos tão lentamente que nem percebemos.

    Hoje cedemos um pouco, amanhã um pouco mais e, portanto, estamos removendo lentamente as estacas mentais que estabelecemos para nós mesmos. Obviamente, nem sempre isso é ruim, na verdade, é uma ótima estratégia para fazer mudanças, pois torna o processo menos traumático, mas é importante estar sempre vigilante, principalmente se alguém estiver controlando a temperatura da água e talvez possa se empolgue, então, quando percebermos, pode ser tarde demais.

    Como evitar virar sapo cozido

    1. Voc√™ ocasionalmente pensa sobre o tempo passado? N√£o faz mal olhar para tr√°s de vez em quando para ver como √©ramos e como somos agora. Este exerc√≠cio de introspec√ß√£o √© muito √ļtil porque n√£o ser√° apenas um sinal de alerta que nos indicar√° a temperatura da √°gua, mas tamb√©m nos permitir√° saber onde estamos no caminho, como chegamos aqui e quanto falta percorrer. .
    1. Você gosta de você? Esta não é uma pergunta retórica, quando você voltar no tempo, pergunte-se se você gosta da nova pessoa que você se tornou. Você se tornou uma pessoa mais segura e feliz ou, pelo contrário, está mais inseguro e infeliz do que antes? Se você não gosta do que vê, talvez seja a hora de reconsiderar como você chegou aqui e o que precisa fazer para evitar seguir o caminho errado.
    1. Que controle voc√™ tem sobre sua vida? N√£o √© uma pergunta trivial porque as pessoas muitas vezes se envolvem em situa√ß√Ķes como a do sapo e acabam n√£o percebendo que est√£o perdendo gradativamente o controle de sua vida. √Č comum que outra pessoa, que pode ser o c√īnjuge, pai ou at√© o chefe, assuma o comando. A esse respeito, avalie as √ļltimas decis√Ķes mais importantes que voc√™ tomou em sua vida e pense em quanto as pessoas ao seu redor podem ter influenciado essas decis√Ķes. Lembre-se de que uma coisa √© levar em considera√ß√£o as opini√Ķes e necessidades dos outros e outra bem diferente √© subordinar sua vida aos desejos deles, ignorando os seus pr√≥prios.
    Adicione um coment√°rio a partir de O engano vem em pequenas doses
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.