Metodologia 5S para uma vida mais ordenada

Metodologia 5S para uma vida mais ordenada

Metodologia 5S para uma vida mais ordenada

Última atualização: 28 de janeiro de 2021

A metodologia japonesa 5S é baseada em cinco princípios fundamentais para melhorar a vida de uma pessoa; princípios que, por sua vez, se baseiam em dois pilares: ordem e limpeza. A técnica japonesa pode ser aplicada a diferentes circunstâncias, sejam elas profissionais ou pessoais. Muitas empresas estão adotando-o para aumentar sua produtividade e melhorar a maneira como os funcionários abordam o dia de trabalho.



Por exemplo, a metodologia 5S foi empregada na empresa Toyota durante a década de 1960 para garantir um local de trabalho muito mais organizado, higiênico e eficiente. A empresa queria aumentar sua produtividade e utilizou a metodologia 5S e o método Kaizen.

Desde então, graças à sua ampla difusão, a metodologia 5S vem sendo utilizada em diversas empresas pertencentes a diversos setores. Também pode ser aplicado no campo educacional, pois permite fomentar hábitos de higiene saudáveis ​​desde cedo. Seus fundamentos psicopedagógicos visam promover uma mudança cultural relacionada aos hábitos de limpeza imposta pelas escolas.

Metodologia 5S: o que é e para que serve?

A metodologia 5S japonesa se refere a cinco princípios fundamentais que começam com a letra S. Embora possa ser aplicado a todas as áreas de nossa vida, pois não requer preparação prévia, Ã© importante segui-lo rigorosamente para otimizar os resultados.

O ideal é praticá-lo de forma precisa, ordenada e sistemática para que seja eficaz, pois a perseverança é uma das chaves da técnica e uma forma de naturalizá-la como estilo de vida. Esses princípios são:

Seiri

Seiri é um processo de seleção em que tudo o que é supérfluo é eliminado. A pessoa faz um esforço analítico para identificar o que realmente precisa e separá-lo do que apenas ocupa espaço. Então, após essa classificação, tudo o que não for utilizado deve ser descartado e que cria perturbações e obstáculos.



Outra vantagem é que permite identificar os elementos necessários e que a pessoa ainda não está disponível. Um critério útil para atribuir o grau de importância aos objetos é perguntar quando foi a última vez que os usamos. Se não os usamos há mais de um ano, é melhor descartá-los.

Esta classificação prepara o material de trabalho para a próxima etapa: escolha o melhor lugar para cada item.

Seiton

É a segunda fase e é caracterizada pela organização. Será necessário colocar os objetos em seus devidos lugares e identificar os mais importantes para colocá-los nos lugares mais acessíveis.

Ao fazer isso, é possível delimitar e rotular algumas delas. Basicamente, trata-se de organizar todo o ambiente de trabalho para que a perda de energia e tempo seja mínima quando você precisa procurar o que precisa.


Seiso

É a fase de limpeza no verdadeiro sentido da palavra. A ideia é remover a sujeira para fazer um trabalho de higiene integral. O ideal é identificar as fontes de sujeira e evitar que ela volte a causá-la.

Seiketsu

Consiste em reportar quaisquer anomalias, detectá-las e resolvê-las, para evitar que um efeito em cadeia seja gerado. Desta forma, lembraremos que a limpeza deve ser mantida todos os dias, para evitar que o caos e a desordem voltem.

Shitsuke

Finalmente, uma doutrina deve ser estabelecida para melhorar dia a dia através da disciplina. Então, teremos de continuar a trabalhar tendo em conta a metodologia 52 como princípio de ordem, higiene e eficiência. 


Aplicar a metodologia 5S ao trabalho ajuda a controlar os espaços e otimizar o tempo. No entanto, lembremos que é uma metodologia que pode ser usada perfeitamente na vida pessoal, em que a classificação, organização, limpeza e comunicação de anomalias ou problemas facilitam o caminho para o bem-estar.

Adicione um comentário do Metodologia 5S para uma vida mais ordenada
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.