Medo de perder o emprego por causa da pandemia

Medo de perder o emprego por causa da pandemia

Vivemos um momento de grande incerteza e uma das dimens√Ķes com que temos que lidar √© o medo de perder o emprego. √Č um medo que devemos enfrentar sem perder de vista a verdadeira prioridade: proteger nossa sa√ļde e conter a propaga√ß√£o do Covid-19.

Medo de perder o emprego por causa da pandemia

Escrito e verificado pelo psicólogo GetPersonalGrowth.

Última atualização: 15 de novembro de 2021

Entre as muitas dimens√Ķes a serem abordadas neste momento, est√° o medo de perder o emprego por efeito da Covid-19. Certamente n√£o √© um pensamento irracional e n√£o se trata de ser catastr√≥fico ou muito negativo. √Č uma possibilidade, um tsunami que engole o mundo inteiro. O que podemos fazer diante dessa situa√ß√£o?



A Organiza√ß√£o Internacional do Trabalho (OIT) anunciou h√° alguns dias que a crise atual pode causar o desemprego de 25 milh√Ķes de pessoas em todo o mundo. 

Diante de uma emergência dessa magnitude, há apenas uma resposta que poderia amortecer os danos: ação coordenada, decisiva e imediata de todos os Estados. Atualmente, todos os países estão tomando medidas para fornecer proteção social. Aparentemente, no entanto, isso pode não ser suficiente.

Em artigo publicado no New York Times, teme-se que, continuando com as estrat√©gias atuais, nossa economia morra de Coronav√≠rus. Convida-se, portanto, a agir de forma concertada e r√°pida para moldar a renda b√°sica universal (que tamb√©m poderia ser aplicada pelo governo de Donald Trump). O segundo passo √© formular um plano para revitalizar a economia e conter o sangramento das demiss√Ķes.

No entanto, como apontam Paul Romer, Prêmio Nobel de Economia 2018, e Alan M. Garber, economista médico e reitor da Universidade de Harvard, tudo isso passa, antes de tudo, pela nossa capacidade de conter o avanço do Coronavírus.



Como? Atrav√©s da f√≥rmula conhecida: confinamento, dispositivos de prote√ß√£o para os profissionais de sa√ļde e o estudo de uma vacina a ser lan√ßada o mais r√°pido poss√≠vel.

Medo de perder o emprego devido à pandemia. O que fazer?

Muitos est√£o vivendo esse per√≠odo de quarentena com medo de perder o emprego devido √† pandemia. Ele certamente n√£o √© um bom colega de quarto. O medo, a preocupa√ß√£o, podem assumir enormes dimens√Ķes e tornar-se o epicentro dos nossos dias.

Se juntarmos a ansiedade do trabalho ao medo de adoecer ou à preocupação de já lutar com a doença, o impacto psicológico torna-se difícil de suportar. Portanto, é necessário conhecer algumas estratégias ou alimentos para reflexão.

Lembre-se das prioridades agora

O medo de ficar desempregado devido ao Covid não é infundado. Alguns de nós têm acesso a mecanismos de proteção do trabalho ou tiveram, mesmo que entre mil incertezas, a possibilidade de acessar o trabalho inteligente.

Esses são medos compreensíveis. Neste momento, porém, vale lembrar quais são nossas prioridades.

  • Usando uma express√£o muito comum, a prioridade agora √© nos proteger das doen√ßas. O distanciamento social e a ado√ß√£o de medidas preventivas sempre que sa√≠mos de casa devem ser nosso foco principal.
  • Estar constantemente preocupado nos leva a baixar a guarda e expor a n√≥s mesmos e aos outros a um risco maior.
  • Devemos manter o foco na realidade imediata e no que √© exigido de n√≥s de tempos em tempos. Perder o emprego √© preocupante, √© claro, mas n√£o podemos, portanto, desviar a aten√ß√£o de nossos entes queridos, de nossos idosos, de nossos filhos ...

Preocupação construtiva e preocupação negativista

Temos o direito de ter medo de perder o emprego, de nos preocupar, de deixar essa sombra ocupar nossa mente de vez em quando. √Č compreens√≠vel. Existem, no entanto, dois tipos de preocupa√ß√£o, mas apenas um pode ajudar nesta circunst√Ęncia.



A preocupa√ß√£o negativista √© in√ļtil neste momento: nos bloqueia e alimenta o fogo da ansiedade. N√£o o alimente. Surge em nossas mentes ideias como: "Esta crise vai nos deixar todos no ch√£o". ‚ÄúQuando isso acabar, nada ser√° igual, estaremos todos sem trabalho‚ÄĚ. "N√≥s nunca sairemos disso, √© um desastre mundial."


A preocupação construtiva, por outro lado, tem um foco mais construtivo e estratégico. Ele não afirma, ele faz perguntas:

  • Qual √© a probabilidade de perder meu emprego? Ser√° uma parada tempor√°ria ou definitiva?
  • Na minha ind√ļstria, ainda serei necess√°rio quando sairmos da quarentena?
  • Eu sou uma pessoa com uma longa experi√™ncia. Devo ter medo de que me demitam ou que ningu√©m mais me contrate? √Č um medo bem fundamentado?
  • O que eles me disseram no trabalho? Que possibilidades objetivas tenho de ser reconfirmado?
  • Se eu perder meu emprego, o que posso fazer? Pode ser uma oportunidade para melhorar minha situa√ß√£o?

Medo de perder o emprego: cuidado com as fontes que alimentam o estresse

Manter as fontes de estresse sob controle √© uma maneira essencial de reduzir esse medo. Por exemplo, grupos de trabalho no WhatsApp podem ser o foco de uma boa quantidade de ansiedade no momento. A preocupa√ß√£o √© contagiosa e muitas vezes circulam informa√ß√Ķes err√īneas ou superdimensionadas que tendemos a filtrar pelo nosso lado alarmista e negativo.


Identificamos quais situa√ß√Ķes, fontes ou pessoas intensificam nossa preocupa√ß√£o. √Č importante manter uma atitude realista sem cair no catastrofismo. Aprendemos a nos preocupar de forma construtiva e n√£o derrotista. Em situa√ß√Ķes de dificuldade e incerteza, nossa mente deve ser sempre nossa melhor aliada.

Adicione um coment√°rio do Medo de perder o emprego por causa da pandemia
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load