close
    search Buscar

    Insônia: seis dicas para dormir melhor

    Quem sou
    Robert Maurer
    @robertmaurer
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Comentários sobre o item:

    aviso de conteúdo

    O insônia é um problema que todos nós sofremos até certo ponto
    medida, especialmente quando passamos por momentos particularmente estressantes
    de nossa vida. Precisamente nestes dias, quando dormir bem é
    fundamental para recuperar as forças e relaxar, para conciliar o sono está aí
    duro. Algo perfeitamente normal, devido ao fato de que a empolgação
    que causam estresse e ansiedade nos impedem de relaxar.

    Uma má qualidade de sono
    piora nosso desempenho cognitivo, reduz nossa capacidade de memória,
    atenção e concentração em várias tarefas. Quando a insônia se torna
    grave, pode causar danos ainda mais graves em um nível fisiológico. Hoje sim
    estima que entre 12 e 40% das pessoas com mais de 65 anos sofrem em alguns
    forma de insônia. Precisamente por causa da alta incidência de insônia,
    existem muitos tratamentos que são aplicados de acordo com as circunstâncias. Uma das técnicas psicológicas
    para combater a insônia é a terapia de controle de estímulos. Para isso
    A propósito, o psicólogo da Universidade do Arizona, Richard R. Bootzin,
    tem trabalhado com pessoas com insônia por anos e revisou estudos anteriores
    relacionadas a este campo de pesquisa. Desta forma, ele estabeleceu algumas linhas
    geral, que geralmente são eficazes na maioria das pessoas que
    eles querem lutar contra a insônia. Dicas para dormir: - Vá para a cama apenas quando estiver
    está com muito sono - Não use a cama para
    fazer outras coisas como ler, assistir TV ou outras atividades não relacionadas
    dormir, exceto para atividade sexual é claro ?! - Se você não consegue reconciliar
    durma dentro de 15 minutos, levante-se novamente, vá para outro quarto e
    fique confortável. Só volte para a cama quando estiver realmente com sono. - Se você ainda não conseguir
    dormir, repita o passo anterior quantas vezes forem necessárias. - Defina o alarme e levante-se
    sempre no mesmo horário todas as manhãs, independentemente da quantidade de
    você tem sono. Isso permitirá que o corpo adquira um ritmo constante
    sono-vigília. - Não faça pausas para dormir
    durante o dia. Além dessas dicas para
    dormir, há outros detalhes que devemos ter em mente e que são
    apoiado por pesquisas científicas: - Não consumir cafeína, pelo menos
    dentro de seis horas antes de ir para a cama enquanto ela ativa o sistema
    nervoso central. - Não se exercite muito
    físico antes de ir para a cama. A atividade física mostrou aumentar i
    níveis dos "hormônios do estresse", posteriormente esses níveis vão pouco para
    diminuindo ligeiramente. É melhor fazer exercícios de manhã ou à tarde
    antes do jantar. - Reduza a luz na sala de
    cama, já que dormir em uma luz muito forte pode causar
    desequilíbrios hormonais, alterando fundamentalmente os níveis de melatonina e
    também causando um aumento do risco de desenvolver obesidade e diabetes. Como você pode ver, o conselho
    dormir são muito simples. A terapia de controle de estímulo é baseada
    na ideia de que conectamos alguns estímulos ambientais com alguns pensamentos ou
    comportamentos. Em outras palavras, aprendemos a relacionar a cama com
    algumas coisas que não dormem (por exemplo, TV); por esse motivo, quando
    vamos para a cama, não temos reflexo condicionado que nos facilite
    para entrar no sono. Esta terapia visa principalmente criar um forte
    relação direta cama-sono. Outra excelente ideia para
    lutar contra a insônia é aprender algumas técnicas de relaxamento,
    já que está provado que quanto mais tentamos dormir mais
    será difícil para nós ter sucesso. Mas se aprendermos a relaxar,
    será mais fácil dormir.
    Adicione um comentário do Insônia: seis dicas para dormir melhor
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.