Deixar o emprego: 7 sinais de que est√° na hora

Deixar o emprego: 7 sinais de que est√° na hora

Já pensou em deixar tudo, inclusive o trabalho? Quando avaliar esta opção como real além de um momento de grande estresse ou desconforto?

Deixar o emprego: 7 sinais de que est√° na hora

Última atualização: 13 de julho de 2022

A decis√£o de deixar o emprego geralmente tem implica√ß√Ķes de modo a merecer pelo menos uma reflex√£o. Uma an√°lise que √© aconselh√°vel fazer a partir de um estado emocional neutro, sempre considerando os sentimentos vivenciados no √ļltimo per√≠odo.



Dito isso, também é importante aprender a ler os sinais de que é hora de deixar o emprego. Não é bom adiar esta decisão se realmente achamos que é hora de fazê-lo. O medo da incerteza pode prevalecer, mas se houver motivos válidos, é bom dar esse passo.

Também é possível concluir que você precisa deixar seu emprego, mas ainda não é a hora certa. Não seria uma decisão sábia saltar para o vazio. Para tomar uma decisão mais informada, porém, vale ficar atento a alguns sinais.

"A vida faz sentido quando você aspira a não desistir de nada".

-Jose Ortega y Gasset-

Quando é a hora de sair do seu emprego?

1. Sentimento de tédio na rotina de trabalho

A maioria das atividades de trabalho envolve várias tarefas que não são do nosso agrado. Nem tudo é tentador e um pouco de tédio aparece de vez em quando ou desmotivação diante de algumas tarefas específicas.

No entanto, se esse sentimento for constante e se estender a praticamente todas as tarefas, talvez seja hora de parar o emprego. A recusa do trabalho resulta em desmotivação, por isso é necessário mudar de rumo.



Se a desmotivação e o tédio são constantes, é importante refletir sobre a possibilidade de deixar o trabalho.

2. Obsessão por remuneração

A compensa√ß√£o que recebemos por nosso trabalho raramente atende √†s nossas aspira√ß√Ķes. √Č curioso, mas nos adaptamos facilmente a mudan√ßas positivas, ou seja, a motiva√ß√£o ou alegria por uma novidade agrad√°vel costuma durar muito pouco.

Por outro lado, o desconforto pela sensação de receber uma remuneração desequilibrada pelas responsabilidades tende a persistir ao longo do tempo.

Se esta é uma preocupação frequente e causa desconforto, uma mudança pode ser necessária. Em princípio, o ideal seria pedir um aumento. No entanto, se isso não for possível, é hora de buscar outras alternativas de trabalho.

3. Tens√Ķes com o chefe

Discordar do chefe √†s vezes √© at√© saud√°vel dentro da din√Ęmica organizacional. Isso pode levar a mudan√ßas positivas para ambas as partes.

Outra hist√≥ria √© se as tens√Ķes est√£o na agenda, a ponto de poderem ser consideradas um rancor pessoal. Na presen√ßa de bullying ou desrespeito, √© importante encontrar outro emprego. Circunst√Ęncias como essa s√£o ruins o suficiente para parar.

4. Deixe seu emprego quando não há espaço para crescimento

Um fator determinante na motiva√ß√£o e no sentimento de pertencimento ao trabalho √© a cren√ßa de que um bom desempenho tamb√©m √© sin√īnimo de crescimento para o futuro. Toda organiza√ß√£o saud√°vel oferece incentivos ou planos de promo√ß√£o.

Se você sente que seus esforços não são apreciados ou que não há chance de evolução, talvez seja hora de deixar o emprego. Se não, há conformidade e estagnação.


5. Sair do trabalho quando causa problemas pessoais

A deteriora√ß√£o da vida pessoal devido ao trabalho √© um sinal de que as coisas n√£o v√£o bem. Muitas vezes √© detectado em aspectos f√≠sicos, como sa√ļde ou apar√™ncia. O estresse cont√≠nuo no trabalho torna o desconforto f√≠sico mais frequente e pode se refletir no autocuidado.



Da mesma forma, um trabalho insatisfat√≥rio tamb√©m tem repercuss√Ķes a n√≠vel emocional: raiva, isolamento e desespero. Nesses casos, √© hora de encontrar uma nova dire√ß√£o.

6. As op√ß√Ķes foram esgotadas

Isso √© muito importante para tomar uma decis√£o sensata. Antes de deixar seu trabalho, voc√™ precisa ter esgotado as op√ß√Ķes dispon√≠veis. Obviamente os problemas devem ser identificados, mas √© bom tentar resolv√™-los antes de jogar a toalha.

Se isso j√° foi feito, mas as coisas n√£o mudaram ou voc√™ ainda n√£o est√° satisfeito, √© claro que √© hora de seguir outro caminho. N√£o fazer isso √© uma tentativa contra o seu pr√≥prio bem-estar e cria as condi√ß√Ķes para um futuro menos id√≠lico.


Demitir-se é uma opção, mas vale a pena explorar alternativas.

7. Existe um plano B ou o limite foi atingido

O ideal seria ter um plano B antes de sair do emprego. Em outras palavras, uma opção concreta de ganho. Às vezes pode ser começar seu próprio negócio, outras um novo emprego.

conclus√Ķes

Se tudo indica que é hora de parar, é aconselhável fazê-lo da maneira mais cordial possível. Incentivamos você a planejar quando e como encerrar seu vínculo empregatício.

Embora muitas vezes seja uma decisão sem garantias de sucesso, ainda é preferível alimentar uma situação destrutiva.

Adicione um coment√°rio do Deixar o emprego: 7 sinais de que est√° na hora
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.