close
    search Buscar

    Como argumentar com sucesso

    Quem sou
    Joe Dispenza
    @joedispenza
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Coment√°rios sobre o item:

    aviso de conte√ļdo

    Discutir problemas √© sempre positivo, quer se trate de dificuldades na rela√ß√£o de casal, entre pais e filhos ou no trabalho. Quando uma discuss√£o se concentra em um objetivo espec√≠fico, a probabilidade de ambas as partes chegarem a um acordo e compreender o ponto de vista da outra √© boa. Mas quando a discuss√£o ocorre em duas posi√ß√Ķes distintas, as chances de resolver o problema s√£o drasticamente reduzidas.

    Todos n√≥s, em um momento ou outro, tivemos que enfrentar discuss√Ķes. Geralmente surgem de uma conversa normal em que um problema √© enfrentado e termina trazendo √† luz milhares de dificuldades diferentes que muitas vezes nada t√™m a ver com o tema original da discuss√£o.



    Isso acontece porque nosso c√©rebro est√° constantemente lutando com associa√ß√Ķes e compara√ß√Ķes. Analisamos a realidade comparando-a com as experi√™ncias e essa forma de pensar √© t√£o comum, chega at√© n√≥s de forma t√£o autom√°tica, que √© dif√≠cil nos concentrarmos em um assunto, principalmente quando nos diz respeito diretamente. A este respeito, as discuss√Ķes √†s vezes s√£o distorcidas sem que as pessoas percebam e sem querer conscientemente.

    Outras vezes, as discuss√Ķes tomam um rumo amb√≠guo porque um dos dois n√£o pretende responder, n√£o quer chegar a uma solu√ß√£o, mas simplesmente quer demonstrar sua supremacia. Ele n√£o discute para chegar a um acordo, mas para vencer.

    √Č o caso t√≠pico em que um membro do casal diz ao outro que gostaria de passar mais tempo com ela, mas o lembra que trabalha demais. Nesse ponto, a pessoa pode perceber essa afirma√ß√£o como um ataque e pode responder com um contra-ataque. Ao inv√©s de focar nas causas do problema e tentar resolv√™-lo, ele aponta todos os momentos em que esteve dispon√≠vel, lembrando que o outro n√£o estava ao seu lado porque ele estava fazendo outra coisa. Da√≠ a discuss√£o degenera, porque ambos esquentam e ser√° muito dif√≠cil chegar a uma conclus√£o satisfat√≥ria para ambos.



    Como manter a discuss√£o centrada no tema?

    Se voc√™ perceber que a outra pessoa est√° prestes a perder a paci√™ncia, basta repetir a pergunta ou o problema que deseja resolver. Saliente que voc√™ tem uma meta e que seria melhor limitar a discuss√£o a esse plano. Al√©m disso, aponte os motivos pelos quais √© importante n√£o distorcer o tema da conversa e, por fim, para n√£o ferir seus sentimentos, d√™ import√Ęncia aos seus argumentos, enfoque no futuro.

    Voc√™ pode dizer, por exemplo: ‚ÄúQuero falar sobre o tempo que passamos juntos (repeti√ß√£o do problema) porque gosto de estar com voc√™ e quero que nossa rela√ß√£o se fortale√ßa (d√™ seus motivos). Tem raz√£o quando diz que muitas vezes estive ausente (sublinhe a import√Ęncia dos seus argumentos), mas desta forma n√£o alcan√ßamos nada. Acho que √© melhor ver o que podemos fazer a partir de agora para passar mais tempo juntos (foco na solu√ß√£o). "


    Se você não perder a paciência, o outro provavelmente também não vai perder. Com essa atitude você não só vai mostrar que o outro é importante para você, mas também quer chegar a uma solução.


    Adicione um coment√°rio do Como argumentar com sucesso
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.