C√°lculo do Ciclo Menstrual

Assista ao vídeo

Introdução

Da puberdade à menopausa, o aparelho reprodutor feminino passa por uma série de mudanças cíclicas de tipo estrutural e funcional, que se repetem a cada mês. Tais mudanças - diretamente relacionadas à reprodução e fertilidade da mulher - determinam os chamados período.
Este √ļltimo representa um indicador da sa√ļde da mulher; portanto, √© √ļtil entender como funciona e mant√™-lo sob controle para reconhecer irregularidades. Saber calcular o ciclo menstrual tamb√©m permite identificar quais s√£o os dias mais f√©rteis quando se tenta ter um filho ou se deseja evitar uma gravidez.




C√°lculo do Ciclo Menstrual

Duração e frequência do ciclo menstrual

O ciclo menstrual é o intervalo de tempo entre uma menstruação e a seguinte.
Para calcular sua dura√ß√£o, √© necess√°rio considerar o per√≠odo desde o 1¬ļ dia em que ocorre o fluxo menstrual (1¬ļ dia do ciclo) at√© o dia anterior ao in√≠cio da pr√≥xima menstrua√ß√£o.
No caso de um ciclo regular de 28 dias, a ovulação (quando o ovário libera o óvulo) ocorre 14 dias antes do início do próximo fluxo menstrual.




Todas as mulheres têm períodos regulares?

Um ciclo menstrual é considerado fisiológico quando é repetido em intervalos regulares de 28 dias. No entanto, uma frequência menstrual de 25 a 36 dias e alguma variabilidade individual (a duração do ciclo pode mudar de mês para mês) deve ser considerada normal.
Em qualquer caso, para ser considerada regular, entre uma menstrua√ß√£o e a seguinte n√£o deve haver um ‚Äúintervalo‚ÄĚ de mais de 4 dias (mais ou menos).
Quaisquer altera√ß√Ķes na dura√ß√£o do ciclo menstrual dependem mais da dura√ß√£o do per√≠odo anterior √† ovula√ß√£o (fase folicular). Esta primeira fase do ciclo, embora apresente uma dura√ß√£o m√©dia de cerca de 14 dias, pode de facto sofrer oscila√ß√Ķes, que v√£o de 1 a 3 semanas.

Ciclo menstrual: ritmo, quantidade e duração
Freq√ľ√™ncia 28 dias (25-36 dias)
Menstruação Duração 3-7 dias
Perda de sangue 28-80 ml

Para a maioria das mulheres, entretanto, a fase l√ļtea (per√≠odo da ovula√ß√£o ao in√≠cio da menstrua√ß√£o) √© mais constante e leva de 12 a 16 dias (dura√ß√£o m√©dia: 14 dias).
A regularidade do ciclo menstrual est√° ligada a um controle hormonal preciso do fen√īmeno, do qual participam o hipot√°lamo, a hip√≥fise e os ov√°rios. As maiores varia√ß√Ķes na dura√ß√£o do ciclo ocorrem nos primeiros anos ap√≥s a menarca e a pr√©-menopausa.




Por que as mulheres menstruam?

Durante o ciclo menstrual, ocorre uma série de processos cujo objetivo é a maturação de um óvulo e a preparação de um tecido adequado para sua implantação. Em outras palavras, esses eventos preparam o terreno para uma eventual gravidez, caso ocorra a fertilização por um espermatozóide de origem masculina.
Todos esses processos est√£o associados √† secre√ß√£o peri√≥dica e regular de horm√īnios ovarianos, hipotal√Ęmicos e hipofis√°rios, diretamente relacionados √† fertilidade.

Portanto, várias estruturas do organismo contribuem para a manutenção do ciclo menstrual (sistema nervoso central, hipotálamo, hipófise e ovários).

O que acontece durante o ciclo menstrual

O ciclo menstrual é um evento que ocorre durante a vida reprodutiva da mulher, da puberdade à menopausa.

Menstruação

O in√≠cio de cada ciclo √© representado pelo primeiro dia em que surge o fluxo menstrual, ou seja, uma perda de sangue e tecido da superf√≠cie da parede uterina (endom√©trio). Este evento permite ao √ļtero limpar o revestimento acumulado durante o ciclo anterior.


Normalmente, a menstruação dura de 3 a 7 dias.


Preparação para ovulação

Durante a primeira parte do ciclo menstrual, a hip√≥fise inicia a secre√ß√£o do horm√īnio fol√≠culo-estimulante (FSH), que estimula a matura√ß√£o de um √≥vulo "dominante".
Ao mesmo tempo, ocorre um aumento progressivo dos níveis de estradiol (produzido pelo ovário) no sangue. Isso causa um espessamento progressivo do endométrio, que se prepara para receber o óvulo maduro, caso seja fertilizado.

Ovulação

Por volta do 14¬ļ dia do ciclo, um aumento acentuado do horm√īnio luteinizante (LH) provoca a ruptura do fol√≠culo ovariano, com a conseq√ľente expuls√£o do o√≥cito maduro para dentro da trompa de Fal√≥pio (ovula√ß√£o).

Durante as 24 horas seguintes a este evento, o óvulo está disponível para o eventual encontro com os espermatozóides. A liberação do oócito é, portanto, um pré-requisito fundamental para a concepção.

Depois da ovulação

Imediatamente ap√≥s a ovula√ß√£o, o que resta do fol√≠culo "estourado" √© transformado no corpo l√ļteo, que produz a progesterona, horm√īnio necess√°rio nos primeiros est√°gios de uma poss√≠vel gravidez, que engrossa ainda mais o endom√©trio.

  • Quando a concep√ß√£o n√£o ocorre, os n√≠veis de progesterona caem rapidamente devido √† deple√ß√£o funcional do corpo l√ļteo. Isso desencadeia o fen√īmeno que levar√° √† descama√ß√£o da parede uterina e subsequente menstrua√ß√£o.
  • Caso contr√°rio, o √≥vulo fertilizado se aninha no √ļtero, onde encontra o ambiente mais favor√°vel para sua implanta√ß√£o e continuidade da gravidez.

Dias férteis

Em cada ciclo menstrual, o momento mais favorável para a concepção coincide com a ovulação e os dias em torno deste evento.
Normalmente, se a mulher tem ciclos regulares, esse processo ocorre aproximadamente a cada 28 dias. Ap√≥s o in√≠cio da menstrua√ß√£o, de fato, um o√≥cito (um para cada ciclo menstrual) leva em m√©dia 14 dias para amadurecer e, sob est√≠mulo hormonal, escapar do fol√≠culo que o cont√©m para entrar na trompa. A partir da√≠, o √≥vulo inicia sua jornada at√© o √ļtero, onde se aninha se, no caminho, for fertilizado por um espermatoz√≥ide.
Indicativamente, o per√≠odo em que √© poss√≠vel que o √≥vulo seja fertilizado come√ßa 4-5 dias antes da ovula√ß√£o e termina 1-2 dias depois. Isso √© poss√≠vel considerando o fato de que o √≥vulo maduro, quando expelido do ov√°rio, pode sobreviver por cerca de 24 horas, enquanto os espermatoz√≥ides podem permanecer vi√°veis ‚Äč‚Äčno sistema genital feminino por at√© 72-96 horas ap√≥s a rela√ß√£o sexual.

Mudan√ßas no ciclo menstrual 

As irregularidades menstruais podem ter muitas causas diferentes, incluindo:

  • Gravidez ou amamenta√ß√£o;
  • Transtornos alimentares, perda ou ganho repentino de peso e atividade f√≠sica excessiva;
  • S√≠ndrome do Ov√°rio Polic√≠stico (SOP);
  • Insufici√™ncia ovariana prematura;
  • Doen√ßa inflamat√≥ria p√©lvica (DIP);
  • Miomas uterinos.

Em caso de alteração ou interrupção do ciclo menstrual (anteriormente regular), é aconselhável consultar um médico.


Principais altera√ß√Ķes do ciclo menstrual
Ritmo inferior a 25 dias (ciclos curtos, com fluxos próximos) Polimenorrea
Ritmo superior a 36 dias (ciclos longos, com fluxos espaçados) Oligomenorréia
Ausência de menstruação por pelo menos 3 meses Amenorréia
Perda de sangue menstrual excessivamente abundante, de natureza hemorrágica e / ou de duração mais longa que o normal Menorragia
Menstruação abundante que se prolonga mesmo no período intermenstrual Menometrorragia
Perda de sangue que ocorre independentemente do fluxo menstrual ou em um momento em que não deveria haver menstruação (gravidez, menopausa ou antes da puberdade) Metrorragia *
Perda de sangue menstrual inferior a 20ml (fluxo menstrual inferior ao normal) Hipomenorreia
Perda de sangue menstrual superior a 80ml (fluxo menstrual intenso) Hipermenorreia

* observação: se a perda de sangue intermenstrual for pequena, isso é chamado de manchas.

Calend√°rio do ciclo menstrual

Monitorar seus ciclos menstruais pode ajud√°-lo a entender o que √© normal, quais dias s√£o mais f√©rteis e como identificar irregularidades importantes que √†s vezes podem indicar problemas de sa√ļde.
Para isso, você pode usar um calendário.
Anotar mensalmente o início da menstruação ajuda a identificar o início aproximado do próximo fluxo menstrual. Isso permite que você esteja preparado para o início da perda de sangue e para entender quais dias são os mais férteis, ou seja, quando a concepção é mais provável.
Na prática, a partir do primeiro dia em que o fluxo aparece, devem ser contados tantos dias quantos a duração média do seu ciclo (por exemplo, 1 dias), portanto, no calendário, o dia em que se prevê o início da menstruação deve ser marcado com um lápis próximo.
Para a compila√ß√£o de um calend√°rio ainda mais detalhado, tamb√©m √© poss√≠vel anotar todos os sintomas que ocorrem durante todo o ciclo menstrual, como sensibilidade mam√°ria, c√≥licas, dores de cabe√ßa, dores nas costas, altera√ß√Ķes de humor, dist√ļrbios do sono, cansa√ßo, incha√ßo ou dor de est√īmago.


Adicione um coment√°rio do C√°lculo do Ciclo Menstrual
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load