A arte de ser feliz de Schopenhauer

A arte de ser feliz de Schopenhauer

A arte de ser feliz de Schopenhauer

Última atualização: 31 2020 agosto

A arte de ser feliz √© definida por Schopenhauer a partir de suas teorias. O fil√≥sofo alem√£o conhecido por seu pessimismo afirmava a exist√™ncia de mundos poss√≠veis, em nossa felicidade nada mais √© do que uma ilus√£o artificial.

Ap√≥s a morte do fil√≥sofo, um manuscrito intitulado Die Kunst, gl√ľcklich zu sein, ou A arte de ser feliz, foi encontrado entre suas anota√ß√Ķes e pertences pessoais. Curiosamente, apesar das ideias pessimistas que o fil√≥sofo alem√£o defendera ao longo da vida, entre essas p√°ginas ele havia desenvolvido e enumerado uma s√©rie de regras para evitar sofrimento desnecess√°rio, alcan√ßando assim um estado de felicidade.



Vamos descobrir em que consiste, segundo Schopenhauer, a arte de ser feliz.  

A arte de ser feliz de Schopenhauer

1. Evite compara√ß√Ķes para n√£o cair na inveja

A primeira regra de Schopenhauer para ser feliz consiste em evitar o sentimento de inveja. Segundo o filósofo, a inveja é uma emoção muito negativa que nos mergulha em um estado contínuo de insatisfação.

Sempre nos compararmos com os outros e nos posicionarmos em um n√≠vel inferior nos afasta da felicidade. Para evitar essa consequ√™ncia in√ļtil, portanto, √© importante abandonar as compara√ß√Ķes: cada pessoa √© diferente e devemos aprender a nos aceitar.

2. N√£o se preocupe com resultados perdidos

A Arte de Ser Feliz de Schopenhauer nos ensina a aceitar o fracasso causado por m√°s decis√Ķes tomadas no desenvolvimento de qualquer projeto. O fil√≥sofo alem√£o nos convida a dar o nosso melhor em todos os momentos. Sabendo que demos o melhor de n√≥s mesmos, resultados ruins doer√£o menos.


3. Sempre siga seus instintos

Schopenhauer sabia bem que existem pessoas criativas e pessoas mais l√≥gicas, as primeiras mais inclinadas √† a√ß√£o e as √ļltimas √† contempla√ß√£o. Em outras palavras, ela nos ensina a deixemo-nos guiar pelos nossos instintos para sermos n√≥s mesmos e nos conhecermos melhor.


4. Não dependa de ninguém para ser feliz

A quarta regra de Schopnehauer para ser feliz nos ensina a fazer a felicidade depender √ļnica e exclusivamente de n√≥s mesmos. Desta forma, evitaremos receber decep√ß√Ķes dos outros e evitaremos que decis√Ķes independentes de nossa vontade afetar√£o nosso humor.

5. Não superestime seus próprios desejos

Estar ciente de seus limites e não se deixar levar por desejos inatingíveis não causará desespero pensando que você não pode alcançá-los. Em vez disso, vamos nos concentrar em nossa situação e metas plausíveis para nós.

Não é uma questão de parar de sonhar, mas de entender que são os pensamentos adaptados às nossas possibilidades que podem nos fazer sentir realmente bem.

6. Tenha controle sobre suas expectativas

A arte de ser feliz segundo Schopenhauer envolve a necessidade de aprender a adaptar nossas expectativas, além de nossos desejos. Nesse sentido, evitaremos que expectativas exageradas sobre um projeto ou uma pessoa se tornem uma possível causa de infelicidade.


Finalmente, trata-se de adotar uma vis√£o mais realista da vida e saber lidar com os obst√°culos de forma mais adequada.

7. Valorize o que você tem

Para ser feliz, você precisa aprender a olhar além de suas posses materiais. Isso não apenas nos impedirá de sentir inveja, como indicado no primeiro ponto, mas também nos ajudará a dar maior valor ao que é realmente importante em nossa vida.

Neste sentido, melhoraremos as rela√ß√Ķes com nossos amigos ou familiares, dando-lhes a devida import√Ęncia.

8. Preste mais atenção ao presente

A √ļltima das regras propostas por Schopenhauer para ser feliz est√° ligada ao tempo que dedicamos ao nosso passado e ao nosso futuro. Perder-nos meditando sobre os problemas do passado n√£o nos trar√° nenhum benef√≠cio, as decis√Ķes agora tomadas n√£o podem ser alteradas.


Por outro lado, passar muito tempo sonhando com o futuro pode gerar profunda infelicidade, observando como nossas expectativas e desejos não são cumpridos. Por isso, é preciso saber aproveitar os prazeres que o presente nos oferece.

Adicione um coment√°rio do A arte de ser feliz de Schopenhauer
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.

End of content

No more pages to load