close
    search Buscar

    7 palavras que podem mudar sua vida

    Quem sou
    Robert Maurer
    @robertmaurer
    FONTES CONSULTADAS:

    wikipedia.org

    Coment√°rios sobre o item:

    aviso de conte√ļdo

    Normalmente n√£o prestamos muita aten√ß√£o √†s palavras que dizemos, mas nascemos comunicadores. Na verdade, parece uma contradi√ß√£o, mas a verdade √© que passamos o dia todo nos comunicando n√£o s√≥ com os outros, mas tamb√©m com n√≥s mesmos. Por√©m, nosso estilo de comunica√ß√£o √© autom√°tico, √© algo que foi se formando ao longo dos anos, valendo-se de nossas experi√™ncias, e agora o usamos sem ter plena consci√™ncia disso, por isso usamos algumas palavras mais do que outras. Por exemplo, um estudo realizado na Universidade do Colorado revelou que as pessoas que tendem a ser neur√≥ticas usam um grande n√ļmero de palavras associadas a emo√ß√Ķes negativas. Outro estudo, desta vez conduzido pela Universidade de Amsterd√£, descobriu que extrovertidos preferem usar termos mais abstratos e descritivos, enquanto os introvertidos escolhem adjetivos mais espec√≠ficos.

    Portanto, √© √ļtil que de vez em quando paremos para considerar as palavras que comumente usamos, especialmente se pensarmos que as palavras que usamos n√£o s√£o apenas sobre a imagem que os outros t√™m de n√≥s, mas tamb√©m podem afetar nossa autoestima. Conseq√ľentemente, proponho agora algumas palavras que devemos aprender a usar com mais frequ√™ncia, mas de forma consciente, n√£o como aut√īmatos.



    Palavras simples que envolvem grandes mudanças

    1. Por quê. Uma palavra muito simples, mas com enorme poder. Na verdade, um estudo realizado na Universidade de Harvard a chamou de "a palavra mais persuasiva do mundo". Nesse experimento, observou-se que quando as pessoas pediam um favor acrescentando um "por que", as chances de o outro aceitar aumentavam em 30%. A questão é que, quando pedimos algo e explicamos por que queremos ser ouvidos, estamos mostrando que respeitamos e confiamos na outra pessoa. Apelamos à sua compreensão e o convidamos a se colocar no nosso lugar.


    2. Obrigado. Não se trata de agradecer por obrigação ou por inércia por repetir esta palavra automaticamente ou porque é sinónimo de "boa educação", mas sim agradecer do fundo de nós próprios. A diferença é notável porque nos permite conectar com outras pessoas, comunicando que apreciamos o seu gesto e que nos ajudou. Na verdade, esta palavra tem um forte poder reconfortante, tanto para quem a diz como para quem a recebe.


    3. Sinto muito. Poucas palavras são tão poderosas quanto essas, mas somente quando nascem do arrependimento sincero. Quando dizemos "sinto muito", estamos reconhecendo um erro, mas, acima de tudo, expressamos nossa humildade e o desejo de reparar o dano. No entanto, não podemos abusar disso. Um estudo realizado na Universidade de Rotterdam revelou que tendemos a superestimar o efeito das desculpas e que elas só são eficazes quando são sinceras e esclarecem nossa situação.

    4. Vamos! O mundo √© feito de boas inten√ß√Ķes, mas na realidade a mudan√ßa acontece quando arrega√ßamos as mangas e come√ßamos a trabalhar. Infelizmente, somos procrastinadores experientes, continuamos a adiar a mudan√ßa para um momento mais auspicioso. No entanto, quando voc√™ tem certeza de uma meta, uma vez que voc√™ se aproxima da meta, voc√™ deve apenas come√ßar; vamos descobrir como proceder ao longo do caminho. Lembre-se de que mesmo a jornada mais longa come√ßa com a primeira etapa.

    5. N√£o. Definir limites e aprender a dizer "n√£o" √© fundamental para levar a vida que voc√™ realmente deseja. N√£o se trata de ter a nega√ß√£o sempre na ponta da l√≠ngua, mas devemos deixar claro quais s√£o as nossas prioridades e quando estamos dispostos a ajudar e quando n√£o. Se voc√™ n√£o pode ou n√£o quer fazer algo, basta dizer ‚ÄúN√£o‚ÄĚ e dar um motivo, quanto mais conciso melhor, caso contr√°rio, parece que estamos nos desculpando. Lembre-se de que voc√™ tem o direito de investir seu tempo e energia nas coisas que mais lhe d√£o satisfa√ß√£o.


    6. Bem ... Quando voc√™ comete um erro, voc√™ fica com raiva e grita, ou reclama, se culpando pelo que aconteceu e se denegrindo? √Č assim que a maioria das pessoas reage. Mas isso s√≥ piora a situa√ß√£o. Ent√£o, quando as coisas n√£o sa√≠rem como planejado, apenas diga: "Bem, n√£o saiu como planejado, mas ..." √Č inevit√°vel cometer erros, mas n√£o adianta chorar sobre o leite derramado, tente ver o bem lado das coisas. √Č uma palavra simples, mas envolve uma grande mudan√ßa de perspectiva.


    7. Respire. Sempre que voc√™ se sentir prestes a explodir, quando estiver com raiva ou quando o estresse estiver no auge, repita mentalmente (ou em voz alta) a palavra "respire" para si mesmo e fa√ßa isso. A qualquer momento, se necess√°rio. A respira√ß√£o nos ajuda a sintonizar na mesma frequ√™ncia que muitas das fun√ß√Ķes metab√≥licas que s√£o prejudicadas quando estamos com raiva ou estressados; como press√£o arterial e freq√ľ√™ncia card√≠aca. Respirar lentamente √© um √≥timo exerc√≠cio que o ajudar√° a se acalmar e evitar cometer erros. Respire ... respire ... respire ...


    Adicione um coment√°rio a partir de 7 palavras que podem mudar sua vida
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.