15 exercícios para sair da zona de conforto agora

Quem sou
Joe Dispenza
@joedispenza
FONTES CONSULTADAS:

wikipedia.org

Autor e referências

‚ÄúN√£o podemos nos tornar quem queremos ser se nos mantivermos quem somos hoje‚ÄĚ, disse Max DePree. O crescimento ocorre quando sa√≠mos da nossa zona de conforto, aquele lugar onde nos sentimos seguros, mesmo que seja apenas uma ilus√£o.

A zona de conforto não é apenas um espaço físico mas, sobretudo, um espaço psicológico e uma atitude. Nossas crenças, preconceitos, estereótipos e a imagem que formamos de nós mesmos e do mundo são os limites da zona de conforto em que nos movemos.



Limitar-nos àquele espaço onde nos sentimos tão bem significa condenar-nos à estagnação, por isso não só precisamos aproveitar as oportunidades para sair da zona de conforto, mas também devemos buscá-las ativamente e até criá-las.

São mil motivos para sair da zona de conforto, um dos quais nos é proposto por pesquisadores da Colorado State University, que descobriram que um dos segredos para ser mais feliz e mais satisfeito na vida é correr novos riscos e viver com curiosidade.

Exercícios para sair da sua zona de conforto

Cada pessoa construiu sua própria zona de conforto sob medida, o que significa que para sair desse espaço é preciso primeiro conhecer seus limites, estar atento aos seus limites e, acima de tudo, aos seus medos. Esses exercícios o ajudarão a desenvolver a atitude certa para sair da zona de conforto sem se sujeitar a uma tensão excessiva.

- Descubra um novo lugar. Comece saindo da sua zona de conforto dando pequenos passos que não representem uma grande ameaça, apenas para se expor à diversidade e se acostumar com as mudanças. Certifique-se de descobrir um novo ambiente pelo menos uma vez por semana. Pode ser qualquer lugar, uma pequena praça, uma rua pela qual você nunca viajou ou uma exposição de arte. A ideia é que a cada vez você se sinta mais confortável com o novo e ele comece a fazer parte de você.



- Siga um caminho diferente. Todos nós temos caminhos predeterminados, aqueles que praticamos todos os dias e sabemos de cor. Para sair da sua zona de conforto, um exercício muito simples é escolher novos caminhos. Não se trata apenas de mudar o seu caminho, mas de desfrutar do novo e, como uma criança, de descobrir os pequenos detalhes que tornam cada local um lugar especial. Se você está viajando por um caminho diferente, mas absorto em si mesmo, a mudança será de pouca utilidade.

- Tente algo Novo. A novidade n√£o apenas nos mant√©m vivos, mas tamb√©m √© essencial para manter nosso c√©rebro ativo. Um exerc√≠cio simples para sair da zona de conforto √©, por exemplo, experimentar novos sabores. Voc√™ tamb√©m pode ouvir um g√™nero de m√ļsica muito diferente do que voc√™ costuma ouvir ou optar por ler um livro de um g√™nero que voc√™ nunca considerou. O g√™nero dist√≥pico, por exemplo, assim como a fic√ß√£o cient√≠fica e a fic√ß√£o, s√£o particularmente interessantes por nos desvincular do pensamento tradicional.

- N√£o escolha a op√ß√£o segura. Sempre tendemos a escolher a op√ß√£o segura porque queremos minimizar o risco e ter tudo sob controle. Mas de vez em quando √© conveniente optar pela op√ß√£o menos confort√°vel e mais arriscada. N√£o precisam ser decis√Ķes memor√°veis ‚Äč‚Äčem que as apostas s√£o muito altas, podem ser decis√Ķes menos importantes, mas lembre-se de que s√≥ quando voc√™ arrisca √© que sabe at√© onde pode chegar.

- Diga "sim" com mais frequência a coisas que normalmente não aceitaria. Sempre que você diz "não", você fica na sua zona de conforto, agarrando-se ao que já sabe. Portanto, um bom exercício para sair da zona de conforto é dizer "sim" com mais frequência, especialmente para aquelas coisas que você normalmente não aceitaria. Essa atitude positiva o ajudará a embarcar em novos projetos e aventuras ou simplesmente ter novas experiências.



- Decida rapidamente. Claro, n√£o precisa ser uma decis√£o vital. Pense sobre aquelas decis√Ķes relativamente insignificantes sobre as quais voc√™ tende a pensar muito. Ao lidar com um desses, basta escolher a primeira coisa que passar pela sua cabe√ßa, sem pensar muito, mesmo que seja algo incomum. Com este pequeno exerc√≠cio para sair de sua zona de conforto, voc√™ aumenta sua confian√ßa em sua Intelig√™ncia Intuitiva. Voc√™ ficar√° surpreso ao descobrir que eliminar a necessidade de refletir sobre uma decis√£o o alivia e gera um enorme sentimento de autoconfian√ßa.

- Fa√ßa algo que te assuste. O medo nem sempre √© ruim, √†s vezes √© apenas um indicador de que estamos √† beira de algo novo e desconhecido. Portanto, um dos exerc√≠cios para sair mais eficazmente da zona de conforto √© escolher algumas daquelas coisas que o assustam e pratic√°-las. Lembre-se das palavras de Helen Keller: ‚ÄúEvitar o perigo n√£o √© mais seguro, a longo prazo, do que ser exposto a ele abertamente. Ou a vida √© uma aventura para ser vivida com ousadia, ou n√£o √© nada ‚ÄĚ.

- Crie um novo desafio. Tem alguma coisa que você sempre quis fazer mas, por um motivo ou outro, acabou adiando? Esse é o momento. Ouse pensar em um novo desafio que realmente te motive e busque a melhor forma de enfrentá-lo. Pode ser qualquer coisa, você só tem que ter coragem de ir além dos seus limites.

- Aprenda algo novo. N√£o h√° nada como aprender a quebrar barreiras e descobrir coisas novas. Pense em algo que voc√™ sempre quis aprender e dedique algumas horas por semana a isso. Voc√™ pode se inscrever em cursos ou aprender por conta pr√≥pria, o que √© realmente importante √© que voc√™ desvie a aten√ß√£o da sua zona de conforto e crie novas conex√Ķes neuronais.


- Considere uma posi√ß√£o contr√°ria. Um experimento conduzido nas universidades de Winnipeg e Illinois mostrou que 63% das pessoas preferem perder dinheiro a ler uma opini√£o contr√°ria √† sua. Um excelente exerc√≠cio para sair da zona de conforto √© buscar ativamente quaisquer opini√Ķes ou ideias que sejam contr√°rias √†s suas. Avalie-os sem pensar em quem est√° certo ou errado, como um exerc√≠cio intelectual que o ajudar√° a ampliar sua vis√£o de mundo.


- Escolha uma área pessoal onde você deseja melhorar. Você quer ser mais extrovertido? Você quer ganhar autoconfiança? Escolha uma área que você deseja melhorar e comece a trabalhar. A zona de conforto também está cheia de desculpas para continuar sendo quem somos, por isso é importante que você faça algum trabalho interior que o ajude a mudar. Teste a si mesmo e estabeleça um plano de ação para atingir seu objetivo.

- Planeje um dia diferente e especial s√≥ para voc√™. √Č sobre fazer algo que voc√™ nunca fez. Voc√™ pode, por exemplo, passar um dia sozinho para se reconectar consigo mesmo, longe dos est√≠mulos aos quais est√° sempre exposto. A ideia √© mergulhar em uma situa√ß√£o completamente nova por um dia inteiro.

- Use emo√ß√Ķes "negativas" a seu favor. Temos a tend√™ncia de pensar que as emo√ß√Ķes negativas s√£o desagrad√°veis ‚Äč‚Äče que devemos evit√°-las. Mas essas emo√ß√Ķes t√™m o poder de estimular o comportamento, ent√£o s√≥ temos que aprender a us√°-las a nosso favor, em vez de consider√°-las inimigas. Se voc√™ est√° se sentindo muito zangado, por exemplo, aproveite a raiva para criar arte ou dar o seu melhor na academia. At√© o estresse, quando espor√°dico, pode se tornar seu aliado quando voc√™ tiver que lidar com situa√ß√Ķes que exigem uma dose extra de energia.

- Deixe de lado o controle e aprenda a fluir. Nós nos apegamos à zona de conforto porque a equiparamos a segurança e controle, mesmo que seja apenas uma ilusão. Portanto, um dos melhores exercícios para sair da zona de conforto é aprender a fluir com os eventos e perder o controle de vez em quando. Aprenda a delegar, deixe que os outros planejem algumas coisas, confie mais nas pessoas ao seu redor e permita que tomem a iniciativa.

- Exclua tudo o que você não precisa. Sua zona de conforto também é composta por todas aquelas coisas que o confortam, mas não precisam de você e ocupam espaço desnecessariamente. Para sair da zona de conforto, você precisa aprender a praticar o desapego, para que possa começar a limpar a casa jogando fora tudo o que não precisa.

A chave é dar pequenos passos, para que você não perceba sair da sua zona de conforto como algo traumático, mas sim como uma atividade de descoberta que, mesmo que contenha incertezas, ainda representa uma oportunidade de expandir seus limites e descobrir coisas novas .

 

Adicione um comentário do 15 exercícios para sair da zona de conforto agora
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.